Medeiros Neto é o segundo município do país em criação de empregos no mês de abril

Itamaraju e Ibirapuã também tiveram resultados positivos

Geolocalização de Medeiros Neto. Imagem: Reprodução/Google

Medeiros Neto ganhou destaque a nível nacional nesta quinta-feira (28). O município apareceu em segundo lugar na criação líquida de empregos no mês de abril deste ano.

O destaque nas estatísticas foi apresentado no podcast diário Abertura de Mercado, transmitido pelo canal de tv por assinatura CNN Brasil [ouça aqui].

O ranking levantado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Previdência Social, considera o número de desligamentos e de admissões pra empregos formais por municípios da federação.

Conforme a tabela [aqui], liderando a lista está a cidade paulista de Pontal, com 1.255 novas vagas criadas; em seguida, aparece Medeiros Neto, com saldo de 830 postos de trabalho no período; Paracatu (MG) assinou 815 carteiras de trabalho.

Nos três municípios, predomina a economia ligada ao agronegócio e pecuária, com força maior no cultivo de cana-de-açúcar e produção de álcool.

Os dados são divulgados no momento em que o país começa a sentir os impactos da pandemia de coronavírus. Em março e abril, 1,1 milhão de brasileiros perderam emprego com carteira assinada.

Extremo Sul

Em 10º lugar, aparece ainda Ibirapuã, com saldo de 396 empregos criados; e em 11º, Itamaraju, com a criação de 377 vagas. Junto a Medeiros Neto, lideram entre municípios baianos.

Mais abaixo, Caravelas teve saldo de 49 empregos; Itabela, 14.

Teixeira de Freitas teve 283 admissões e 669 demissões, um saldo de -386.

1 COMENTÁRIO

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui