Macarani: Programa Caminho da Escola beneficia zona rural com ônibus escolar

Criado em 2007, o Programa Caminho da Escola, do governo federal, tem levado progresso a diversas cidades baianas. Na manhã desta terça-feira (9) foi a vez de contemplar Macarani, na região sudoeste, onde o governador Jaques Wagner entregou as chaves de um novo ônibus escolar, que deve garantir, na ida e na volta do colégio, mais conforto e segurança para milhares de crianças. Durante o evento, ele também assinou ordem de serviço para a construção de 488 cisternas, que devem beneficiar milhares de famílias da zona rural do município.

“É uma alegria entregar ao município de Macarani esse ônibus e a autorização para a construção das cisternas. Estou honrando compromisso. Isso vai trazer melhorias e ainda mais condições para que a população local viva com mais comodidade. Só vamos parar quando os problemas, como a falta de água, não existirem mais”, afirmou o governador Jaques Wagner.

A aluna da Escola Altamira Pires, Jerlane Silva, disse que, com o novo ônibus, os estudantes poderão fazer “os 20 quilômetros da área rural até a escola com menos tempo, chegando sem atraso e com mais comodidade. Tudo isso incentiva a estudar”. O equipamento, um investimento de R$ 250 mil, possui itens de acessibilidade para atender também a estudantes portadores de necessidades especiais.

Cisternas

Presente na cerimônia, o morador da região, Marcos Roberto Silva, disse que em alguns pontos, como, por exemplo, no Guarujá, falta água para consumo humano. “Às vezes, ficamos sem água para beber, tomar banho e lavar prato. Só que agora, com a cisterna, vamos ter uma reserva de água e em dia de falha do fornecimento não teremos prejuízos com a saúde e higiene”.

Mais empregos

O Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), concedeu dois galpões para facilitar a chegada da indústria de calçados femininos, Bárbara Krás, ao município de Macarani. A previsão é que a empresa comece a funcionar a partir de janeiro de 2015, oferecendo entre 400 e 600 vagas de emprego para a população local. A indústria, que é de Santa Catarina, também já contou com incentivos fiscais concedidos pelo Governo, para a implantação de uma unidade em Caatiba.

Fonte: Secom BA

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui