Liminar não garante obras no Marciano

Mesmo com a garantia da liminar concedida pelo juiz federal da Vara Única de Ilhéus, Pedro Calmon Holliday, para que os recursos destinados à implantação de infraestrutura urbana na praia do Marciano, bairro do Malhado fossem aplicados, até hoje nem sinal do início das obras.

A medida do juiz ordenando a União a celebrar convênio e repassar os recursos à Prefeitura de Ilhéus atendeu ao pedido de ação de obrigação de fazer, com pedido de antecipação de tutela foi impetrado pela Procuradoria Geral, com a finalidade de obrigar o governo federal a celebrar os convênios abstendo-se de exigir a regularidade no Sistema Integrado de Administração Financeira do governo federal (Siafi) e Cadastro Único de Convênio (Cauc).

A lama e os buracos continuam a tomar conta da localidade e os moradores estão revoltados com a situação. Além de causar enormes transtornos e prejuízos, a buraqueira é ambiente favorável para a proliferação de doenças como a dengue.


Fonte: O Tabuleiro

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui