Lava Jato ainda vai investigar ligações de Lula com a Odebrecht na Líbia

Foto: REUTERS/Brazilian Presidency/Ricardo Stuckert

Dono da Odebrecht, Emílio Odebrecht se comprometeu com investigadores da Lava Jato a detalhar o teor de duas reuniões mantidas com o ex-presidente Lula em 2008 e 2009 em que conversaram sobre a Líbia.

Os investigadores desconfiam que Emílio usou a influência de Lula com o ex-ditador Muammar Khadafi, morto em 2011, a fim de conquistar contratos para a empreiteira no país do norte da África.

Entre eles a construção de um terminal de passageiros no aeroporto de Trípoli e um anel rodoviário na cidade.

 

 

 

 

 

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui