Justiça x Moralidade

Em Teixeira, a população dá sinal de fadiga e começa a se mobilizar, indo para rua cobrar justiça dos poderes constituídos devido à onda de crimes que assola a cidade. Só no mês de janeiro foram mais de 10 homicídios – parte das vítimas não tinha envolvimento com o tráfico de drogas. Percebe-se também que o povo está reclamando do Poder Executivo mais moralidade no uso do dinheiro público. Logo mais, certamente, os teixeirenses vão para rua também cobrar mais saúde e educação e menos corrupção, pois os movimentos de rua já começaram no Brasil.

O povo está cobrando

A população de Teixeira está insatisfeita, reclamando da falta de ação da administração, sobretudo referente às necessidades básicas como infraestrutura, esgoto, água, iluminação pública, saúde, educação e, principalmente, segurança. O que a população quer saber é sobre a aplicação de cerca de 20 milhões mensais, sendo que muito pouco foi feito em infraestrutura. As rádios estão abrindo os microfones para o povo, mas, ao mesmo tempo, abre espaço para o governo se defender.

Exemplo a ser seguido

Dos últimos loteamentos que foram implantados em Teixeira de Freitas, o que está sendo feito com mais infraestrutura é o Mont Serrat II, que além de toda qualidade, é o único que tem rede de esgoto com estação elevatória, para ser jogado na estação de tratamento central que está sendo concluída na cidade. Ainda terá acesso asfaltado, a exemplo do Mont Serrat I. Vale a pena conhecer!

Shopping PátioMix

As obras civis do novo shopping de Teixeira iniciam o ano em ritmo acelerado. Este novo equipamento para a cidade será um ganho extraordinário, porque irá atrair um público de mais de 600 mil habitantes em sua área de influência. As maiores âncoras nacionais e regionais, mesclado com as principais grifes e franquias do país, reunindo o melhor da moda, gastronomia, lazer e entretenimento no endereço mais nobre da região: o principal trevo de acesso à cidade, às margens da BR-101.

Infraestrutura de Teixeira

Uma das maiores prioridades é infraestrutura, pelo que durante o primeiro ano nada foi feito. Os últimos quatro anos do governo do padre também ficaram a desejar nesta área. Cabe agora ao prefeito recuperar o tempo perdido com os recursos que estão programados para chegar a partir de março, segundo o próprio relatou. Com a troca do secretário de Infraestrutura e a entrada de Henrique Gonçalves da Cruz, em pouco tempo foi dada uma nova dinâmica à Secretaria.

Imprensa em debate

Tanto a Justiça, como a imprensa, devem buscar a imparcialidade para atuar, não privilegiando ninguém e nenhuma parte. Ser imparcial significa não ter lado e atuar sem paixão, com retidão e justiça. Esta conduta na política causa questionamento dos extremos, ou seja, daqueles que são radicalmente contra ou a favor. Porém, estatisticamente, estes extremos não passam de 10% da população, o restante deseja o melhor para a cidade, independente de quem ocupa o cargo.

Reunião com empresários

O prefeito João Bosco convocou reunião com grandes empresários a fim de pedir ajuda para recuperar a cidade dos estragos causados pelas chuvas do final de ano. O que mais foi questionado é que a prefeitura celebrou contratos milionários com empresas de fora, a exemplo da Biosanear, que faz a coleta do lixo, a empresa que foi contratada para aluguel de veículos e outras, com isso, o dinheiro não circula na cidade e enfraquece o comércio local e agora ainda quer ajuda. Fica mesmo difícil entender!

Aumentam as candidaturas

Além dos candidatos a deputado de Teixeira como Temóteo, Marta Helena, Lucas Bocão, Erlita Freitas, ainda confirma o vice-prefeito Gilberto do Sindicato, Tabajara Soares, Gel Lopes, Miro Carvalho e Tarcísio Gama para federal. Além desses, outros nomes de fora estarão recebendo fortes apoios localizados, como coronel Santana, Jutahy Magalhães, Robinho de Nova Viçosa, Robério Ribeiro, entre outros. Pelo visto, os 70 mil votos válidos de Teixeira serão disputados a peso de ouro.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui