Jovem de 18 anos cria e mantém projeto voluntário desde 2014

alt

Apresentação e palestra na Escola Municipal Jesuíno Martins de Souza.

Projeto de Capoeira e Maculelê em Cachoeira do Mato têm contribuído de maneira significativa para desenvolver ações contra o preconceito racial e abrir novos horizontes, perspectivas de melhora e consciência social entre seus participantes.

Segundo o idealizador do projeto, o Jovem capoeirista Jeferson Pereira Alves, o projeto completou 2 anos no dia 12 de abril de 2016. Sem fins lucrativos a iniciativa conta com uma ínfima ajuda de alguns moradores da comunidade, mas é pouco, e insuficiente para a compra de material.

Apresentação para a comunidade no clube de Cachoeira do Mato.

As ações desenvolvidas pelo Projeto representam esforços, sobretudo, no sentido de mostrar aos jovens da comunidade de Cachoeira do Mato outro olhar sobre o legado cultural deixado pelos povos africanos e indígenas para a cultura brasileira.

Apresentação de Maculelê na escola municipal Jesuíno Martins de Souza.

“Nasci aqui em Teixeira de Freitas e ainda pequeno fui morar em Porto Seguro, lá além da capoeira aprendi a ter visão de transformação social. Quando retornei para Teixeira de Freitas e vim morar aqui em Cachoeira do Mato, distrito onde reside grande parte da minha família, logo senti a necessidade de fazer esse trabalho. Principalmente, na escola (maior parte do público alvo) onde uma serie de situações me deixavam preocupado, sobretudo, quando o tema era a cultura afro-brasileira”. Afirma Jeferson.

O projeto tem preocupação com a formação de um cidadão consciente de seu papel na sociedade em que está inserido. Procurando contribuir de forma positiva para a comunidade.

 

 

Por ASCOM

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui