Jovem com doença rara comemora 15 anos com corpo de 90

Magali González Sierra é portadora da Síndrome de Huntchinson-Gilford, conhecida como progéria

Uma adolescente que sofre uma doença rara que causa envelhecimento precoce celebrou os 15 anos neste final de semana em Candelaria, na Colômbia. Magali González Sierra é portadora da Síndrome de Huntchinson-Gilford, conhecida como progéria, e tem um corpo similar ao de uma idosa de 90 anos. Segundo o Daily Mail, a jovem, no entanto, superou a expectativa de vida dada pelos médicos, de 13 anos.

Magali tem dificuldades na comunicação e precisa de remédios para sobreviver. Por tudo isso, a família comemorou bastante a chegada da jovem aos 15 anos e fez uma festa para comemorar o marco. A mãe, Sofia, diz que a filha queria a festa. “Embora ela não possa dançar, ela queria que nós fizéssemos isso. Ela queria que as pessoas viessem vê-la e queria balões coloridos”, afirma.

Como não tem mais cabelos, Magali usou uma peruca para comparecer à festa. “Acho que estou bonita”, disse ela.

A doença se manifestou quando Magali tinha apenas 10 meses. “Magali tem 15 anos e os ossos têm cerca de 90”, explica a mãe. Os pais e a menina esperam que ela continue quebrando barreiras. Magali sonha em ser enfermeira.

 

 

Correio

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui