Jornalista ligado a Aécio e Cunha é o novo presidente da EBC

alt

O jornalista Laerte Rímoli foi nomeado pelo presidente interino Michel Temer presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Ele ocupar o lugar de Ricardo Melo, que havia sido nomeado pela presidente afastada Dilma Rousseff no início do mês e tinha um mandato de quatro anos para cumprir, conforme estabelecido em lei. Exonerado, Melo ingressou mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal para manter o cargo, mas o recurso ainda não foi analisado pela Corte. De acordo com a coluna Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, Rímoli tem ligação com o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Ele assumiu em dezembro do ano passado o cargo de diretor de comunicação da Câmara dos Deputados, a convite do peemedebista. Em 2014, Rímoli foi um dos coordenadores da campanha de Aécio Neves (PSDB-MG) à Presidência. Contrário aos governos de Dilma e Lula, o novo diretor da EBC posta ou compartilha frequentemente textos com críticas ferrenhas aos dois. Num deles, pouco depois do impeachment, disse: “Dilma não tem vergonha de ser ridícula. Vai à Nova York, capital do mundo, diminuir as instituições brasileiras. Mulher enjoativa”. Em outro, ele diz: “Xô PT. Xô Dilma. Xô Lula. Chega de sujeira…”

Fonte: Portal UOL

Foto: Divulgação

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui