Jonathan Molar apresenta projeto que estabelece prioridade no pagamento dos servidores ativos, inativos e pensionistas

Jonathan Molar apresenta projeto que estabelece prioridade no pagamento dos servidores ativos, inativos e pensionistas. Foto Ascom

Na sessão ordinária da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, manhã de quarta-feira do último dia 21 de março, o vereador Jonathan de Oliveira Molar (SD), apresentou o Projeto de Lei do Legislativo n° 08 de 19 de março de 2018, que estabelece prioridade para pagamento dos servidores ativos, inativos e pensionistas. O projeto foi lido e apreciado pelo parlamento e encaminhado para tramitação nas comissões onde obterá os devidos pareceres das comissões permanentes do Poder Legislativo para depois retornar ao plenário para votação.

O projeto de lei do vereador Jonathan Molar pretende estabelecer prioridade no pagamento dos servidores públicos ativos, inativos e pensionistas, principalmente diante de um cenário de crise. Para o parlamentar a prioridade no pagamento dos salários dos servidores significa valorizar e respeitar aqueles que trabalham para manter a cidade funcionando para todas e todos teixeirenses.

Conforme o vereador, trata-se de uma medida para que os serviços prestados à população sejam garantidos com qualidade. Todas as categorias que prestam seus serviços ao município devem ser prioridade do gestor. Portanto, o pagamento do subsídio mensal do prefeito, do vice-prefeito e dos secretários do município de Teixeira de Freitas devem estar submetidos ao cumprimento das obrigações com todos os servidores.

De acordo ainda com o vereador Jonathan Molar, é muito importante que a sociedade como um todo participe desse seu projeto de lei, acompanhando a tramitação para que a sua vigência seja certa e passe a funcionar da melhor maneira possível e que beneficie, de forma geral, a população que é a principal interessada no tema. “É de extrema importância que a população como um todo participe, pois, nosso objetivo é de melhorar a vida dos teixeirenses e dos seus servidores públicos, não só nas questões sociais, na educação, na saúde pública, como na área financeira também”, salientou.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui