‘Já tive muitas emoções, mas essa foi coisa séria’, diz Roberto Carlos

Cantor chegou à quadra da Beija-Flor por volta das 20h30 desta quarta, 9. O rei avisou que vai desfilar de novo na Sapucaí no sábado das campeãs

“Já tive muitas emoções, mas essa foi coisa séria, realmente muito séria”. Foi assim que o cantor Roberto Carlos resumiu o sentimento de desfilar e ser campeão do carnaval carioca pela Beija-Flor, já na quadra da escola na noite desta quarta (9).

Ele chegou ao local por volta das 20h30 e foi ovacionado pela multidão que comemorava o título.

“É uma emoção que eu jamais vou esquecer na minha vida. É algo que vai ficar para sempre na minha vida e no meu coração”, disse o rei, homenageado no enredo da azul e branco de Nilópolis.

“É uma emoção que eu jamais pensei que fosse desse tamanho.”

“Cara, quando eu subi naquele carro, o coração estava batendo a mil. Quando eu vi a galera se manifestando, aplaudindo, o coração bateu mais forte”, relembrou.

“É uma emoção que nem sei como explicar”, afirmou o cantor, acrescentando que vai desfilar novamente no sábado das campeãs.

Fãs comemoram
Logo após o anúncio da vitória da Beija-Flor, cerca de 50 fãs de Roberto Carlos se reuniram em frente ao prédio onde o cantor mora, na Urca, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Foi o caso da aposentada Fernanda Veloso, de 73 anos, que esperava conseguir ao menos um aceno do Rei.

“Assim que terminou a apuração eu peguei um táxi e vim correndo para cá. Não quis perder um segundo qualquer. O Roberto merece isso. O desfile foi lindo, perfeito, de emocionar. Eu vi do início ao fim. Foi inesquecível quando ele apareceu. Eu sei que não vou conseguir falar com ele, mas ele poderia dar um tchau, né?”, disse a fã.

A administradora Mary Leal interrompeu a caminhada para tentar falar com o Rei. Fã de carteirinha assumida, ela ignorou a chuva fraca que caía na região e resolveu fazer plantão em frente à residência do cantor.

“Eu tenho tido sorte. Eu fui ao cruzeiro e a todos os shows dele aqui no Rio. A história do meu Rei é linda e a Beija-Flor soube mostrar isso muito bem. Respeitou cada detalhe. Foi fiel à sua história. Adorei a coreografia da comissão de frente com a Claudia Raia. Foi um luxo só”, disse.

Roberto Carlos deixou o prédio por volta das 19h30 rumo à quadra da Beija-Flor, em Nilópolis, e chegou a brincar, dançar e acenar para os fãs.

Ansiedade na apuração
Antes de ir para a quadra da Beija-Flor, Roberto Carlos afirmou, em reportagem do Jornal Nacional, que estava ansioso com a apuração que consagrou a escola de Nilópolis (veja no vídeo ao lado).

“Foi um momento de muita tensão no início, principalmente. Aí depois a gente começou a ficar um pouco mais, não digo ‘relax’, mas um pouco menos nervoso”, revelou.

“Sem dúvida que essa é, senão a maior, uma das maiores consagrações que eu recebi em toda a minha vida. E é a maior emoção, sem dúvida alguma, das maiores.”

“E já vivi grandes emoções, mas esta foi realmente uma coisa que eu não encontro palavras para dizer o que significa para mim “, disse o cantor, que acompanhou o resultado da apuração em casa.

“Uma coisa que me enche o coração, que me deixa o coração saltando de alegria. E eu quero aproveitar e agradecer à Beija-Flor, a confiança de fazer um enredo com a minha vida, com o meu nome”, falou sobre a alegria de ser enredo da escola de Nilópolis.

“Muito obrigado por mais essa emoção, por essa emoção maravilhosa na minha vida, no meu coração. Muito obrigado mesmo”, completou, antes de seguir da Urca, na Zona Sul do Rio, onde mora, para a quadra da Beija-Flor, em Nilópolis, na Baixada Fluminense.


Fonte: Henrique Porto / G1

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui