Itapetinga realiza 5ª Conferência das Cidades

Com a ideia de avaliar e definir as prioridades das políticas públicas de desenvolvimento urbano do município, Itapetinga realizou nesta terça-feira, 28, a 5ª Conferência Municipal das Cidades, com o tema “Quem muda as Cidades somos nós. Reforma Urbana Já!”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O evento aconteceu no auditório do Colégio José Marcos Gusmão e contou com a presença do prefeito em exercício, Alécio Chaves, representantes de diversos segmentos da sociedade, todas as Secretarias Municipais, Cras, Creas, CRM, Recomeçar (Medida Socioeducativa), além da Itairó, representantes das Associações Comunitárias (de Pequenos Agricultores e Piscicultura), entre outros segmentos da sociedade civil organizada.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Carlos Leôncio Souza Costa, “ratamos de sugestões de melhorias na política de desenvolvimento urbano, com o objetivo de encaminharmos para os Governos Estadual e Federal algumas mudanças no texto base pré-estabelecido na 5ª Conferência Nacional das Cidades”. Ainda segundo Leôncio, em Itapetinga, as principais pautas discutidas foram saneamento, trânsito, transporte público, mobilidade urbana e expansão territorial.

O prefeito em exercício, Alécio Chaves, ressaltou que através desses debates e das sugestões apresentadas, o poder executivo pode se basear para melhor atender as necessidades sociais. “A comunidade de Itapetinga está de parabéns. Este momento é também a oportunidade de aprendermos uns com os outros”, acrescentou.

Divididos em grupos, os participantes da Conferência discutiram os quatro eixos temáticos: Habitação, Saneamento, Mobilidade Urbana e Trânsito, Planejamento Urbano e Ordenamento Territorial, tendo como mediadores os técnicos Saada Abraim (assistente social da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social), Cacileide Bonfim (coordenadora da Vigilância Sanitária do Município), Carlos Alberto Santana (secretário municipal de Administração) e Grazielle Monte (representando a Secretaria Municipal de Saúde).

Delegados

Foram escolhidos os delegados representando o poder público, a sociedade civil organizada e ONGs – titulares e suplentes.

 

 

Fonte: Ascom da prefeitura

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui