Itagimirim: Prefeito Rielson Lima é assassinado com 4 tiros

Da redação

Um crime brutal, atingindo a figura do prefeito de Itagimirim, chocou a população daquela cidade considerada pacata e despertou revolta em todos os habitantes da localidade. No dia 29 de julho, o prefeito Rielson Santos Lima (PMDB), 51 anos, prefeito reeleito de Itagimirim, estava em uma padaria na Praça Castro Alves, centro da cidade, em companhia de parentes e amigos. Por volta das 19h, um indivíduo usando capacete aproximou-se sorrateiramente e desfechou 4 tiros. O prefeito, atingido no tórax e abdômen, ainda tentou fugir, sendo perseguido pelo assassino, que desistiu da perseguição e fugiu em uma moto.

Cambaleante, o prefeito foi amparado por um PM à paisana. Imediatamente socorrido pelo SAMU, o ferido foi transferido para Eunápolis, onde foi submetido a uma cirurgia. Por volta das 23h:30, os médicos que trabalhavam no procedimento cirúrgico viram baldados os seus esforços: Rielson não resistiu e faleceu.

Ainda é desconhecida a motivação do crime que chocou a região e uma equipe especial já foi formada para investigar a ação pela 23ª Coordenadoria Regional da Polícia Civil, adiantando-se que as linhas de investigação que serão inicialmente seguidas são de vingança ou crime político.

Casado com Saadya Vieira, Rielson Santos estava em seu segundo mandato. De família simples, o prefeito assassinado nasceu na zona rural de Itagimirim e começou sua vida como balconista, trabalhando em seguida como representante farmacêutico. Disputou a primeira eleição em 2008 e foi eleito com 41% dos votos. Foi reeleito em 2012 com 40,55% dos votos.

Com a vacância do cargo de prefeito, pela morte do titular, deve assumir o cargo o vice-prefeito Rogério Andrade de Oliveira, de 41 anos.

O clima na cidade é de estupefação e muita comoção, pois Rielson era um homem comedido e querido pelo povo.

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui