Itabuna: Prefeitura reforça atendimento a famílias em áreas de vulnerabilidade social

Programas da SAS fortalecem vínculos familiares das crianças

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dentre os diversos serviços oferecidos pela Prefeitura de Itabuna em atenção às famílias em situação de vulnerabilidade social estão as atividades físicas, lúdicas e culturais promovidas pela Secretaria da Assistência Social (SAS), por meio do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, que atualmente atende 700 crianças e adolescentes e cerca de 200 idosos. O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos abrange vários programas executados pela SAS e ajuda os participantes a resgatar e entender o desenvolvimento de sua cidadania, fortalecer os vínculos entre familiares e promover o envelhecimento saudável.

Unificado em 2013, a partir de antigos programas como Pro-Jovem Adolescente, PETI e programas de assistência a Crianças e Idosos, o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos faz parte do Departamento de Proteção Social Básica da SAS. O público-alvo são as crianças de 0 a 14 e adolescentes de 15 a 17 anos, cujas famílias são beneficiárias do Bolsa Família; idosos com mais de 60 anos, que recebem o Benefício de Prestação continuada (BPC) e estende-se ainda aos jovens em situação de risco pessoal e social, encaminhados pelos serviços de Proteção Social Especial do SUAS (CREAS Medidas Socioeducativas) ou por conselhos tutelares, Ministério Público, Vara da Infância e Juventude e outros que fazem parte do Sistema de Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente.

A meta da Secretaria da Assistência Social é ampliar o atendimento abrangendo, inclusive, jovens e adultos. Para tanto, mantém 10 núcleos em atendimento a crianças e cinco para adolescentes e também está implantando e reabrindo novos coletivos. As atividades são realizadas de segunda a quinta-feira, pela manhã e à tarde. Nas sextas-feiras acontecem as reuniões e a busca-ativa de crianças e adolescentes faltosos, visando contribuir no processo de desenvolvimento da autonomia e de sociabilidade delas.

Além do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos são referenciados no Centro de Referência de Assistência Social – CRAS I e CRAS II: a Divisão para a Juventude; o Programa Integração AABB-Comunidade; e a Escola Profissionalizante de Itabuna. De acordo com a diretora da Proteção Social Básica- Módulo II, Mônica Oliveira Cunha de Santana, a importância do atendimento é equilibrar o trabalho teórico e prático para ajudar as famílias a entender e enfrentar as desigualdades sociais e a necessidade de ser garantida a todos qualidade de vida.

 

 

 

 

Fonte: Ascom da prefeitura

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui