Itabuna: Hospital de Base recebeu mais de 500 pessoas em evento sobre saúde mental

Mais de 500 pessoas participaram de palestras, discussões e receberam atendimento de serviços sociais e de beleza nos cinco dias da Semana da Saúde Mental em Movimento promovida pelo Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna, desde o dia 6. Nesta sexta-feira, quando se comemora o Dia Mundial da Saúde Mental, até às 17 horas estão sendo oferecidos aos pacientes corte de cabelo, manicure e pedicure, massoterapia, conversa com psicólogos, informações sobre programas sociais, exames diversos e teste rápido de DSTs.

Além dos pacientes de toda a região também participam acompanhantes, estudantes e profissionais da saúde. Entre os objetivos, confraternizar, divulgar informações e discutir pontos importantes sobre o tratamento dos pacientes do Setor de Psiquiatria do Hospital de Base. Na avaliação do presidente da Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna – FASI, mantenedora do Hospital de Base, o médico Paulo Bicalho, o evento garantiu integração entre pacientes, acompanhantes e profissionais de saúde. “A Semana de Saúde Mental reforçou que a discussão do tema saia do intramuros do hospital e seja efetiva entre os grupos envolvidos”, disse.

A aposentada Doralice Alves, paciente do Hospital de Base, elogiou a iniciativa por se tratar de eventos que surpreendem a quem chega à unidade. “Fiz massoterapia, pintei as unhas, cortei o cabelo e aferi a pressão ocular. Foi um dia maravilhoso, adorei mesmo”, exaltou. Da mesma maneira avaliou Gilclebes Mascarenhas, que acompanhava a mãe em uma consulta. “Foi muito interessante e gratificante. É muito bom saber que, enquanto esperamos um atendimento, podemos fazer um check-up. Fiquei muito grato”, afirmou.

CAPS

O Dia Mundial da Saúde Mental também foi comemorado na unidade do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS II), com um mutirão de serviços sociais e de saúde. O evento fez parte do projeto “Conhecer para Viver”, iniciado em setembro, que promove ações individuais e coletivas sobre o incentivo à cidadania e informações sobre saúde mental. A programação constou de encontros dos grupos, semanalmente, para discutir e refletir sobre temas variados relativos à cidadania. Além disso, para promoveu a integração e interação entre familiares e a equipe de profissionais do CAPS.

_________________

Prefeitura de Itabuna

 

 

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui