Inscrições para o Prêmio Mulher de Negócios são prorrogadas

As mulheres empreendedoras do extremo sul podem se inscrever no prêmio até o próximo dia 16 de dezembro

A inscrições para o Prêmio Mulher de Negócios, que se encerrariam no último dia 5, foram prorrogadas para o próximo dia 16 de dezembro. Mulheres empreendedoras do extremo sul podem se cadastrar para concorrer através do site www.mulherdenegocios.sebrae.com.br/cadastro.A premiação é uma iniciativa do Sebrae, em parceria com a Secretaria Especialde Políticas para as Mulheres e Federação das Associações das Mulheres de Negócios e Profissionais do Brasil (BPW), com apoio técnico da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).

Quem já garantiu sua inscrição foi a empresária deEunápolis Gilsan Pessoa. À frente da Escola Kennedy, ela foi a vencedora daetapa nacional do Prêmio MPE Brasil 2009 na categoria “Educação”. Depois dessa conquista, a Kennedy já cresceu mais de 30%, além de ter inaugurado este ano uma nova ala, a Kennedy Baby, que atende crianças com menos de dois anos de idade– um nicho em constante crescimento na cidade.

“Houve um crescimento de 30% em nosso faturamento.Ampliamos o nosso espaço físico para atender à nova demanda, tudo após o MPE.Através dessa premiação pudemos ampliar ainda mais nossa visão empreendedora e percebemos que estamos no caminho certo em relação à qualidade e sustentabilidade”, comemorou Gilsan, que comanda a escola junto com a irmã,Gilsa de Pessoa.

A empresária fez questão de frisar a importância do apoio do Ponto de Atendimento Empresarial do Sebrae em Eunápolis não só na conquista do MPE Brasil, mas também no contínuo crescimento da escola e no incentivo para a participação no Prêmio Mulher de Negócios. “Foi através das capacitações e consultorias que percebemos que tínhamos potencial de crescimento, e isso nos motivou”, revela ela, que,assim como as outras candidatas ao prêmio da região, recebeu dicas da consultora Rosana Viana.

“Não achei difícil escrever sobre a minha história,mas não sei se consegui passar para o texto toda a emoção da minha luta.Difícil mesmo é falar de mim. Ainda bem que pudemos contar com o apoio da Rosana. Acho que qualquer mulher empreendedora pode se inscrever, não precisa ficar com receio”, avaliou a empresária, que há quase 30 anos está à frente daKennedy. “Começamos pequenininhos, com apenas 10 alunos, numa garagem. Hoje temos centenas de alunos. O MPE é um estímulo e um reconhecimento de tanto trabalho”, afirmou ela, que através do prêmio teve a oportunidade de estar comoutros empresários de destaque nacional e com o ex-presidente Lula.

Consultora se emociona com histórias

As candidatas ao Prêmio Mulher de Negócios doextremo sul não estão sozinhas na hora de contar suas histórias. Quem temdificuldades para colocar sua trajetória no papel conta com as preciosas dicas da consultoria do Sebrae Rosana Viana, especialista em Gestão Sistêmica e Planejamento Empresarial e também em Fundamentos da Excelência em Gestão.

Rosana está colaborando com a elaboração dos relatosdas candidatas, ajudando-as a escrever suas histórias e a relembrar fatos,sentimentos, experiências e conquistas. “A consultoria é estruturada pelas recomendações técnicas da Fundação Nacional da Qualidade, instituição que fazparte do comitê gestor do prêmio”, explica ela.

Esta não é a primeira vez que Rosana colabora com o projeto, mas conta que para ela os relatos são sempre surpreendentes. “Fico muito orgulhosa de saber que existem tantas mulheres de fibra, que não só transformaram seus sonhos em realidade, como são exemplos de empreendedorismo egestão. Sinto-me honrada em colaborar com estas mulheres. Aprendo com as histórias e todas elas me comovem”, relata.

Rosana observa que existem experiências e sentimentos comuns entre as mulheres. “Geralmente elas começaram seus negócios praticamentesem recursos, mas acreditando nos seus sonhos e na sua capacidade para construir o futuro e superar os obstáculos que viriam”, avalia ela, lembrandoque o Prêmio Mulher de Negócios é um projeto que tem como objetivo promover oempreendedorismo feminino através da divulgação da história de empreendedoras de sucesso.

“As mulheres que desejarem se inscrever devem acimade tudo ter o sentimento de colaboração. Felizmente teremos mais de 150 histórias de sucesso na Bahia, e duas serão premiadas na etapa estadual. Outro ganho significativo para todas que se inscreverem é o apoio da consultoria que ajuda a empresária a levantar informações sobre a gestão do seu negócio e,consequentemente, a refletir sobre as melhorias a serem implantadas”, observa Rosana.

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui