Grupo de índios ocupa fazenda no sul da Bahia

Ocupação é realizada em uma fazenda do município de Itajú do Colônia. Equipe da Polícia Federal foi encaminhada para o local nesta terça-feira (3).

Uma fazenda é ocupada por cerca de 100 índios no município de Itajú do Colônia, a 534 km de Salvador. Inicialmente a Polícia Civil da cidade informou que a ação começou na madrugada do último domingo (1º), entretanto, o gerente da fazenda, Reginaldo Santana, disse ao G1 que ocupação ocorreu por volta das 18h do domingo.

De acordo com informações de Fábio Marques, delegado da Polícia Federal, uma equipe de agentes da PF foi enviada ao local da ocupação nesta terça-feira (3) para realizar um levantamento da situação. O gerente da propriedade diz que após uma negociação entre a PF e os índios, ficou combinado que três vaqueiros irão permanecer na propriedade para cuidar do gado.

O delegado de Itajú do Colônia, Francesco Dênis, chegou a informar que durante a ocupação sete vaqueiros da fazenda teriam sido feitos reféns pelos índios, mas o gerente da propriedade explicou que dois homens foram rendidos inicialmente pelo grupo e que no dia seguinte, na segunda-feira (2), mais dois funcionários foram feitos reféns. Reginaldo Santana afirma que horas depois todos os reféns foram liberados pelos índios.

Informações preliminares da polícia sinalizavam que a liberação dos reféns tinha ocorrido após a intervenção da Fundação Nacional do Índio (Funai), mas o gerente da fazenda negou a presença do órgão no local.

O G1 tentou entrar em contato com representantes da Funai, em Ilhéus, mas não encontrou ninguém para comentar o caso.

Segundo o gerente, os índios reivindicam a posse das terras da fazenda, que mede cerca de 3.600 hectares e abriga aproximadamente 3 mil cabeças de gado.


Fonte: G1

 


Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui