Ilhéus se mobiliza para salvar Santa Casa

Na última sexta (18) foi lançada uma campanha para arrecadar fundos para salvar a Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus, que mantém o Hospital São José e Maternidade Santa Helena. No editorial de hoje (21) o radialista Vila Nova contou detalhes da campanha que pretende salvar a instituição afundada em dívidas. Ele salientou que a sociedade ilheense teve uma grande perda que foi o Hospital e Maternidade Santa Isabel, e perder o São José seria de grande perjuizo para a saúde de Ilhéus.

“ Por mês nascem em Ilhéus, na Maternidade Santa Helena, 300 bebês. Onde essas crianças irão nascer? Todas as mães terão que ir para Itabuna ? “ disse o comunicador , enfatizando a importância da unidade hospitalar.Na Santa Casa de Misericórdia até material de limpeza está em falta. Além disso , a justiça ainda autorizou o corte no fornecimento de energia elétrica por falta de pagamento.

O déficit financeiro da Santa Casa chega a R$ 1,8 milhão, resultado de dívidas com funcionários, prestadores de serviço e fornecedores. Segundo o site Jornal A Tribuna o secretário Municipal da Saúde, Jorge Arouca, informou que os pagamentos dos prestadores de serviço da Secretaria da Saúde, referentes ao mês de fevereiro deste ano, sofreram um atraso na análise dos documentos, em virtude dos dias feriados do Carnaval. Arouca explicou, ainda, que em virtude desse contratempo, não foi possível solicitar a elaboração das notas fiscais aos prestadores de serviço.


Fonte: O Tabuleiro

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui