Ilhéus: Iphan conclui intervenções na 2ª igreja rural mais antiga do Brasil

O segundo templo católico rural mais antigo do Brasil, a Igreja de Nossa Senhora de Santana, localizada no Rio de Engenho, há 30 km do centro de Ilhéus, no sul da Bahia, está totalmente recuperada. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) realizou intervenções nas instalações elétricas e hidráulicas, pintura geral, recuperação do piso e do telhado, entre outras ações de conservação.

Além da estrutura física, as imagens foram restauradas. “As imagens estavam em péssimo estado de conservação”, destacou o coordenador da igreja, Ednilson do Nascimento Araújo. “Com a reforma, além da estrutura física da nossa igreja, recuperamos também a história de Ilhéus e do Brasil”, completou.

Conforme o coordenador, no próximo domingo, dia 02, será celebrada uma missa na igreja, às 10 horas, com a participação de padres de diversas paróquias vinculadas à diocese de Ilhéus, em ação de graças pela recuperação do templo.

O santuário, considerado de grande valor cultural e arquitetônico, foi tombado pelo Iphan e Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), em 1984. Erguida no século XVII (1537), a capela é o monumento mais antigo de Ilhéus que pertenceu à família de Mem de Sá, o terceiro governador-geral do Brasil.

Secretaria de Comunicação Social (Secom)

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui