Ilhéus: Ação educativa lembra a luta contra a Aids

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), ao participar do Dia Mundial de Luta Contra a Aids, nesta segunda-feira, 1º de dezembro, instalou um stand na Praça J.J. Seabra, oferecendo à população teste rápido para identificação da doença e palestras sobre o tema, além de distribuição de preservativos. Na ocasião, a coordenadora do núcleo de DST, Katiussa Vespér, disse que a secretaria está somando esforços para promover o atendimento preventivo e os testes de identificação da doença nos postos de saúde até o final deste mês. Já nesta terça-feira, dia 2, haverá reunião com o objetivo.

Conforme a coordenadora, a ampliação do serviço deve-se ao aumento do número de casos da doença em todo o país, principalmente entre os jovens, que muitas vezes insistem em não utilizar os preservativos. “E Ilhéus, por ser uma cidade turística, recebendo muita gente do país e do estrangeiro, durante a alta temporada, necessita estar preparada para colaborar no combate à doença, oferecendo não só os serviços laboratoriais como também os alertas através de palestras, que sempre atraem um bom púbico”, afirmou.

Presente ao evento, logo pela manhã, Vítor Hugo, 26 anos, noivo, disse que, por mais que a pessoa tome cuidados, “é importante realizar os exames, principalmente por esta ser uma doença contagiosa, e considero imprescindível fazer isso, pelo menos duas vezes por ano”. Já Elizabete Viana, 20 anos, casada há um ano, mesmo afirmando que confia no marido, salientou que “não custa nada procurar saber como vai a saúde, e mais ainda quando se trata de uma doença grave como a AIDS, que, além de não ter cura, é contagiosa”.

Embora o público presente ao stand do Dia Mundial de Luta Contra a Aids fosse na maioria formado por pessoas de 20 a 30 anos de idade, homens e mulheres já com idade acima dos 50 anos também buscavam os serviços, inclusive a realização do teste rápido da Aids. Um destes era o Sr. Antônio Farias Silva, o qual relatou que durante toda a sua vida sexual mais ativa, muitas vezes dispensou o preservativo, considerando desta forma ser importante manter a realização dos exames.

 

Secretaria de Comunicação Social (Secom)

Ilhéus, 01/12/2014

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui