IBAMA inaugura novo CETAS em Porto Seguro

Foto ilustrativa
A Superintendência do Ibama na Bahia ganhará, a partir da próxima semana, o reforço de mais um espaço de recolhimento, acondicionamento, tratamento, avaliação e destinação de animais silvestres no estado.

É que no dia 12/11, sexta-feira, será inaugurada a 1ª etapa do Centro de Triagem de Animais Silvestres no município de Porto Seguro, região do Extremo Sul baiano.

O novo CETAS está localizado no interior da Estação Ecológica Pau-Brasil (ESPAB), uma unidade de conservação da CEPLAC, situada às margens da rodovia Eunápolis/Porto Seguro (BR 367).

Segundo informações prestadas pela equipe técnica do novo centro, a área total construída do CETAS em Porto Seguro é de 437,66m², apresentando 15 recintos, dos quais: 7 destinados para aves; 2 destinados para répteis; 2 destinados para primatas;1 destinado para felinos; e 3 destinados para os demais mamíferos.

Além dos recintos, o CETAS dispõe de: 1 sala de técnicos; 1 cozinha; 2 depósitos distintos; 1 enfermaria; 1 sala cirúrgica; 1 sala para necropsia;1 ambulatório; 1 biotério; 1 banheiro e 2 lavabos.

Com capacidade para abrigar até 5 mil espécimes de animais silvestres por ano, o CETAS de Porto Seguro é o primeiro construído na Bahia dentro da Categoria A – o maior tipo de cetas operado pelo IBAMA no

país.

Os Centros de Triagem de Animais Silvestres – CETAS, são unidades de manejo de fauna criadas pelo poder público e/ou particulares.

Seu objetivo é recepcionar animais silvestres apreendidos, resgatados, feridos ou entregues pela população.

Nos CETAS, os animais silvestres retirados da natureza são examinados, recebem cuidados médico-veterinários e são preparados para voltar a viver em liberdade, protegendo suas populações e mantendo suas funções ecológicas.

O trabalho em um CETAS é conduzido por uma equipe multidisciplinar que, com a ajuda de instalações médicas e de grandes viveiros de treinamento e exercício, preparam os animais para sua devolução à

natureza.

Atualmente, a Bahia possui 03 CETAS em funcionamento: o Chico Mendes, em Salvador, e outros dois, em Barreiras e Vitória da Conquista.

Apesar disto, o recebimento da maior quantidade de animais silvestres ocorre na região do extremo sul da Bahia, obrigando a transferência periódica de grandes lotes de animais para os CETAS ao norte do estado.

Para corrigir esta situação, o Ibama decidiu pela criação, na cidade de Porto Seguro, de uma nova maior unidade de recepção e triagem de animais silvestres.

Porto Seguro foi escolhida para receber este CETAS graças a sua localização estratégica, em uma área de grande visibilidade social, próxima a rota de tráfico de animais silvestres e perto de

universidades e aeroportos, facilitando não só o transporte de animais, mas a realização de pesquisas e a divulgação social dos resultados alcançados.

O Ibama assinou Termo de Cessão do terreno com a CEPLAC para a implantação do CETAS no interior da Estação Ecológica do Pau-Brasil, ao lado da RPPN Veracel, o que também demonstra a aceitação por aquele

órgão público quanto a esta relevante realização.

Fonte: Ascom do Ibama

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui