Homem suspeito de matar a mulher em Eunápolis é preso no Espírito Santo

Homem suspeito de matar a mulher em Eunápolis é preso no Espírito Santo. Foto: Ascom

Na noite de terça-feira, 26 de outubro, as investigações realizadas pela Delegacia Territorial de Eunápolis sobre o feminicídio que vitimou Renata Delfino Moreira resultaram na prisão de um homem de 33 anos, no município de Ecoporanga, Espírito Santo.

O corpo de Renata foi encontrado na manhã do dia 02 de setembro, no Bairro Dinah Borges, em Eunápolis, dentro da casa onde estava morando com o autor do crime.

Após espancar a vítima com pauladas até a morte, o autor deixou o corpo sobre a cama do casal, trancou a casa e fugiu. Uma amiga que se encontrava no imóvel, alega só ter percebido o crime no dia seguinte, quando achou estranho que a vítima não havia se levantado ainda, ocasião em que encontrou o corpo sobre a cama, coberto.

Mediante representação policial, foi expedido mandado de prisão preventiva pelo Juiz de Direito, dr. Otaviano Andrade de Souza Sobrinho, Titular da 1ª Vara Criminal da Comarca de Eunápolis.

No curso das referidas investigações, conduzidas pela Polícia Civil de Eunápolis, o autor do crime foi localizado em Ecoporanga, na casa de uma prima, usando nome falso. Passadas as informações de sua localização para forças policiais daquele Estado, em ação conjunta, no início da noite de ontem, a Polícia Civil e a Polícia Militar do Espírito Santo efetuaram a prisão do referido investigado.

Registra-se que em novembro de 2019, este mesmo indivíduo já havia tentado contra a vida desta mesma vítima no município de Serra/ES, onde moravam. Naquela ocasião, Renata foi esfaqueada por ele e chegou a ficar internada em estado grave. Ele fugiu, mas, pouco tempo depois, o casal reatou o relacionamento e se mudou para cidade de Eunápolis onde aconteceu o homicídio.

A equipe da Delegacia Territorial já se encontra em deslocamento com o preso, que será apresentado ao Plantão de Eunápolis, à disposição da Justiça.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui