Governo faz propaganda em questão da UESC

Ilustração
Não passou despercebida a questão da prova de língua portuguesa e literatura, aplicada em 16 de janeiro, no vestibular da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), sul do estado. A questão reproduz um anúncio publicitário do governo do Estado, publicado em página dupla na revista Veja, na edição de 1º de dezembro. O texto “Mais baianos produzindo a cultura / Mais cultura para todos os baianos” elogia a administração dos projetos de cultura do governo do Estado. A Secretaria de Educação da Bahia isenta-se de responsabilidade, ao justificar que cada universidade tem autonomia para definir o formato e o conteúdo de seus processos seletivos. A Uesc, por sua vez, informa que a elaboração, a entrega, o recolhimento e a correção da prova são responsabilidade da Consultec, empresa vencedora da licitação. O ex-deputado federal José Carlos Aleluia (DEM) cobra a apuração do Ministério Público (PMDB). O vestibulando Rainer Torres, autor da denúncia, reclama que quem prestou o vestibular da UESC foi obrigado, se quisesse ganhar pontos na questão, a “reconhecer a suposta revolução que o governo Jaques Wagner diz ter praticado na cultura da Bahia”.

Fonte: Estadão

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui