Governo da Bahia garante ter reduzido fome

Foto ilustrativa
A Bahia reduziu 18% do índice de insegurança alimentar dos domicílios. Este é um dos resultados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) 2009 divulgada hoje, 26, pelo IBGE. A redução de 50,3% para 41% é comemorada pelo governo do Estado. “Considerando que mais da metade da população baiana vivia em insegurança alimentar e que esse percentual caiu de forma significativa. Estamos cumprindo nossa missão”, enfatiza a secretária de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes), Arany Santana. Segundo ela, os bons resultados se devem aos programas de assistência social e políticas de segurança alimentar e nutricional dos governos estadual e federal, “além da importante atuação do Conselho de Segurança Alimentar da Bahia e das organizações da sociedade civil”, complementa..

Entre as ações que colaboraram para combater o grau de insegurança alimentar alarmante no Estado estão o Programa de Aquisição Alimentar, o Projeto Cisternas,Cisternas nas Escolas, Restaurante Popular, Pescando Renda entre outros.

Também a Lei Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional, aprovada e sancionada pelo governador Jaques Wagner e cujo texto foi redigido com a sociedade civil e governo, tem fundamental importância na redução da insegurança alimentar na Bahia. A medida exige alimento em quantidade e qualidade suficientes para a população e obriga o governo a executar ações de fortalecimento da agricultura familiar, reforma agrária e demarcação de terras, a dar acesso à água de qualidade, alimentação escolar saudável, além de geração de trabalho e renda para as comunidades mais pobres.

Fonte: Ascom/Sedes

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui