Governo da Bahia e Prefeitura lançam em Ilhéus o Projeto Ciranda Rural

O governo da Bahia – através das secretarias de Desenvolvimento Rural, de Promoção da Igualdade Racial e Segurança Pública e a Polícia Militar – lança em Ilhéus, nesta quinta-feira (3), a partir das 14 horas, no Teatro Municipal, o projeto integrado dos direitos das mulheres rurais, quilombolas e marisqueiras do Território Litoral Sul, que é a primeira ciranda rural com a realização de ronda Maria da Penha. Um dos objetivos é combater a violência contra as mulheres.

Na oportunidade, serão realizadas ações previstas no acordo de cooperação técnica como oficinas previstas no prazo de um ano; execução de trabalhos preventivos de enfrentamento à violência voltada às mulheres que vivem em assentamentos; prevenção e conscientização delas sobre os direitos a uma vida sem violência; além das instituições públicas que cumpram a função de proteção e garantia de seus direitos.

De acordo com a Superintendência de Políticas Territoriais e Reforma Agrária (Sutrag), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Rural da Bahia, dados do mapa da violência produzido pela ONU Mulheres, Organização Pan-Americana da Saúde e Ministério das Mulheres mostram que a violência física é a forma mais frequente de agressões às mulheres, seguida da violência psicológica e sexual. “Neste contexto, o enfrentamento à violência contra as mulheres rurais exige um conjunto de ações integradas à repressão a crimes previstos na lei Maria da Penha (11.340/2006)”, explica o secretário municipal de Governo, Alisson Mendonça.

Para o lançamento do projeto Ciranda Rural, em Ilhéus, estarão presentes representantes das secretarias de Desenvolvimento Rural, de Promoção da Igualdade Racial, de Segurança Pública, de Políticas para Mulheres, de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, além do comando da Polícia Militar da Bahia.

 

 

 

 

 

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui