Gazo, prefeito de Bom Jesus da Serra é cassado

O prefeito de Bom Jesus da Serra, Edinaldo Meira Silva (PMDB), mais conhecido por Gazo, e o vice-prefeito Sidney Teixeira Coelho tiveram suas candidaturas impugnadas nesta quinta-feira (24) por decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). O prefeito e vice-prefeito foram julgados por uso indevido da máquina administrativa, corrupção e abuso de poder econômico, de acordo com o TRE

Durante o período eleitoral para a reeleição, em 2008, o prefeito e o vice, segundo o TRE, fizeram doação de material de construção, material de irrigação, caixas d’água, cestas básicas entre outros itens, disfarçadas de política social do município. Além da cassação do mandato, Gazo e Sidney vão ter que pagar uma multa de R$ 5.000.00. Eles têm até 7 dias para apresentarem suas defesas.

Em março de 2010, Gazo já havia sido preso pela Polícia Federal por acusação de compra de votos durante a eleição em 2008 e por interferir na investigação das denúncias.


Fonte: Fábio Agra / Tribuna da Conquista

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui