Fotos: Marinha continua monitoramento e coleta de resíduos de óleo em Abrolhos

Marinha monitora região de Abrolhos. Fotos: Divulgação/Marinha

O trabalho de monitoramento e coleta de resíduos de óleo em Abrolhos tem sido incessante, afirma a Marinha do Brasil.

Na manhã deste domingo, 03, o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, acompanhou as ações dos militares da Marinha durante sobrevoo e pouso no arquipélago.

Em nota divulgada durante a noite, o Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA), formado pela Marinha, Agência Nacional de Petróleo (ANP) e Ibama, foi informado que não foram encontrados novos vestígios da substância na região.

A nota ainda diz:

A MB e o Ibama estão atuando em conjunto com o Laboratório de Biologia Pesqueira da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Laboratório de Gestão de Territorial e Educação Popular da Universidade Federal da Bahia (UFBA), pescadores e gestores de áreas de proteção ambiental da Bahia, com objetivo de elaborar procedimentos para a prevenção da contaminação dos estuários e linha de costa.

O ICMBio disponibilizou à MB diversas redes de pesca apreendidas em suas operações que, após a doação, foram distribuídas às colônias de pescadores de Caravelas, Alcobaça, Prado, Nova Viçosa e Mucuripe, na Bahia, com objetivo de serem empregadas para a contenção de possíveis resíduos oleosos. […]

A gravidade, a extensão e o ineditismo desse crime ambiental exigem constante avaliação da estrutura e dos recursos materiais e humanos empregados, no tempo e na quantidade que for necessária.
Caso aviste óleo nas praias, disque 185!

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui