Floresta Azul: Prefeita é cassada por compra de votos

A prefeita de Floresta Azul, Sandra Cardoso (Dra. Sandra), foi cassada pela Justiça Eleitoral por compra de votos no pleito de 2012. A decisão é do juízo da 29ª Zona Eleitoral.

A justiça acatou as denúncias formuladas pelo Ministério Público Eleitoral e pelo candidato derrotado, Carlos Amilton (Garrafão), defendido pelos advogados Marcos Alpoim e Frederico Matos.

Na análise do MPE, Dra. Sandra “arrecadou recursos e efetuou despesas, para fins eleitorais, em desacordo com as normas da Lei n. 9.504/ 1997 e de Resoluçäo do TSE e teve suas contas reprovadas”.

Apesar de cassada, Sandra terá o direito de recorrer ou apresentar embargos ainda no cargo. Caso seja cassada em definitivo, o município sul-baiano terá de realizar novas eleições, já que Sandra obteve mais de 50% dos votos em 2012. Ela também teve os direitos políticos cassados por oito anos. A decisão também atinge o vice, Jaconias Gusmão.

 

Fonte: Pimenta

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui