“Fiz de coração”, diz empresário que pagou multa de Rodinei

“Fiz de coração”, diz empresário que pagou multa de Rodinei. Foto: Reprodução

Elusmar Maggi, torcedor que doou R$ 1 milhão para o Internacional, participou do programa Domingo Esportivo da Rádio Bandeirantes. O dinheiro foi dado para o Colorado contar com o lateral direito Rodinei no jogo decisivo de hoje, mas o jogador acabou expulso na etapa final e complicou os gaúchos, que perderam por 2 a 1.

Rodinei está emprestado pelo Flamengo, justamente o adversário desse domingo. O contrato previa que o lateral direito só poderia atuar contra o Rubro-Negro mediante o pagamento do valor. Horas antes de a bola rolar, Maggi apostou que fez bem em ajudar.

“Ele (Rodinei) vive um momento bom. Está se saindo bem, com técnica e raça. Eu falei: vamos dar uma ajuda. O time está sem bilheteria há muito tempo. Resolvi dar essa ajuda de coração. Eu que sou de 1970, daquele time campeão. Não sabia que teria essa repercussão toda. Estou gostando do barulho”, afirmou.

Um dos principais personagens da partida, Rodinei de fato roubou a cena. Na etapa inicial, foi facilmente batido por Bruno Henrique no primeiro gol do Flamengo, marcado por Arrascaeta aos 28 minutos, mas quase se consagrou ao acertar a trave pouco antes do intervalo. Logo aos 3 minutos da etapa final, porém, foi expulso após dura entrada em Filipe Luís.

Com um a mais em campo, o Flamengo marcou mais uma vez, com Gabigol, venceu a partida por 2 a 1 e assumiu a liderança do Brasileirão a uma rodada do fim – tem 71 pontos, contra 69 do Colorado.

O empresário é sócio do Grupo Bom Futuro Elusmar Maggi e é primo do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, que também foi ministro da Agricultura. Ele afirmou que começou a amar o Internacional através das transmissões de rádio, quando ainda era criança. “Fiz um TED e ainda vou pagar imposto. Uns 50, 60 mil reais”, concluiu sobre o pagamento de Rodinei.

Fonte: Band uol

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui