Falta de manutenção por parte da empresa leva Prefeitura a mudar gerador da clínica municipal

Falta de manutenção por parte da empresa leva Prefeitura a mudar gerador da clínica municipal. Foto Ascom

Por falta de manutenção por parte da empresa proprietária do equipamento, a Prefeitura de Mucuri, por meio da Secretaria de Saúde, solicitou a troca do gerador que estava atendendo a Clínica Municipal.

De acordo com o engenheiro Eletricista, Agnaldo Gomes, é importante a manutenção constante deste tipo de maquinário para que ele tenha um bom funcionamento. “A manutenção preventiva do grupo moto gerador é indicado de 6 em 6 meses, depois de 250 horas rodadas ou o que vencer primeiro”, destacou o engenheiro.

Segundo Gomes. na manutenção preditiva se avalia dados que possam predizer possíveis problemas futuros. “Logo, em um teste de gerador, conseguimos antecipar possíveis defeitos que resultarão em uma manutenção preventiva”, destacou ele.

Gomes ressalta que o recomendado é que a manutenção preditiva de equipamentos de uso stand-by seja realizada pelo menos uma vez por mês. E, em equipamentos de uso contínuo, que seja testado semanalmente todo o conjunto.

FALTA DE MANUTENÇÃO

Segundo o secretário de Administração de Mucuri, Cariston Freitas, a empresa proprietária do gerador que estava atendendo a Clínica Municipal foi avisada sobre a necessidade da manutenção preditiva no equipamento que já não vinha apresentando funcionamento adequado.

“Conversamos, mais de uma vez, com o responsável pela empresa da qual havíamos alugado o equipamento, mas ele não atendeu a nossa solicitação. Pela necessidade de termos no local, uma unidade de saúde, um equipamento que funcionasse 100%, ainda mais agora, que estamos realizando ações de enfrentamento ao Coronavírus, decidimos que era melhor e mais rápido realizar a troca do gerador”, concluiu o secretário.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui