Faculdade Pitágoras sedia a 7ª edição da Feira Baiana de Negócios

Foto: Google
Mais de 3 mil pessoas por dia passarão pelo evento em Teixeira de Freitas, maior projeto do extremo sul da Bahia

De hoje até o próximo domingo, dia 5 de setembro, das 17h às 22h, acontece na Faculdade Pitágoras Teixeira de Freitas a 7ª edição da Feira Baiana de Negócios, evento realizado em parceria com a Associação Comercial Empresarial e com o apoio do Sebrae, da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e do Sincomércio. Com entrada gratuita, os organizadores estimam receber 15 mil pessoas este ano.

Com o mote “Quem é visto, é lembrado”, a FEBAN 2010 terá 104 expositores, dentre eles a Suzano, Bahiagás, Fibria, Usina Santa Maria, Governo do Estado da Bahia, empresas dos pólos de confecções, esportes, móveis, cachaça, apicultura, turismo e farmácia. Esse é o maior evento da região e a expectativa de transações está na ordem de dois milhões de reais nos cinco dias da feira.

Promovido em uma das cidades que mais crescem no extremo sul da Bahia, o evento tem como principal objetivo estimular o intercâmbio entre fornecedores, empresários, academia e comunidade para incentivar o mercado regional. A proposta de organizar uma feira desse porte tem também como intuito originar novas oportunidades de negócio, além de fomentar o empreendedorismo e o desenvolvimento no município.

Para o diretor geral da Faculdade Pitágoras Teixeira de Freitas, Célio Nascimento, é uma honra participar da FEBAN 2010, evento que integra diversos setores econômicos e poderá proporcionar futuras parcerias para todos os envolvidos. “Fazer parte desse projeto é criar uma sinergia com a academia. Durante o evento poderemos apresentar o portfólio de cursos e os nossos alunos, futuros profissionais que serão encaminhados ao mercado de trabalho”, explica.

Segundo Célio, o evento traz a possibilidade de continuar um processo de transformação da sociedade e de seus cidadãos, de desenvolver um relacionamento com as entidades de classe, prefeituras, maiores empresas da região e toda comunidade do extremo sul da Bahia. “Temos um espaço único para proporcionar bons negócios às pequenas empresas, que poderão demonstrar seu portfólio de produtos,  gerando operações com o mercado”, completa.

Fonte: Samara Busa/2Publicom

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui