Extremo Sul: Bahia Pesca fortalece aquicultura

A aquicultura na região extremo sul da Bahia entra em uma nova fase a partir deste mês. A Bahia Pesca, vinculada à Secretaria da Agricultura (Seagri), assinou no último fim de semana convênios e termos de compromisso para impulsionar a criação de peixes e mariscos nos municípios de Prado e Caravelas.

“As ações, que envolvem a implantação de tanques-redes e módulos de cultivo de ostras e algas nos dois municípios, vão beneficiar 150 famílias da região, que terão mais uma alternativa de produção e geração de renda”, explicou o presidente da Bahia Pesca, Cássio Peixoto.

No âmbito da piscicultura, a Bahia Pesca, a Secretaria de Desenvolvimento e Integração Regional (Sedir) e a Prefeitura de Prado assinaram um convênio para a implantação de 40 tanques-redes e 30 tanques-escavados em assentamentos do município. Com investimento nos equipamentos de quase R$ 500 mil, ação beneficiará 70 famílias da região. Os tanques serão colocados nos assentamentos Três Irmãos e Tororão.

Os produtores de Prado e Caravelas também serão beneficiados com a assinatura de um termo de compromisso, entre a Bahia Pesca e a Sedir, para implantar 20 módulos de cultivo de ostras no município. Além de doar os equipamentos, a Bahia Pesca capacitará 20 famílias para trabalharem na atividade, além de prestar assistência técnica necessária durante todo o processo.

Algas marinhas

As ações também contemplam a maricultura. O termo de compromisso prevê a implantação, no litoral de Prado, de dois módulos de cultivo de algas marinhas, que beneficiarão 60 famílias da região. Os pescadores farão cursos de capacitação para a fabricação de sabonetes e cosméticos a partir das algas marinhas que a comunidade produzirá. O investimento nos projetos de ostreicultura e maricultura chegam a R$ 700 mil.

“Não basta doar os equipamentos. É preciso empoderar e capacitar as famílias para que, no futuro, possam trabalhar de forma independente e melhorar de vida, especialmente as com perfil empreendedor. A implantação dos tanques e dos módulos produtivos permitirá que esses trabalhadores possam usufruir de processo produtivo sustentável e permanente”, comemorou Cássio Peixoto durante as assinaturas dos termos, que aconteceu no evento ‘Prado em Ação’, realizado pela prefeitura municipal.

 

 

 

Fonte: Secom BA

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui