Evento enaltece história de mulheres que brilham na comunidade de Porto Seguro

Evento enaltece história de mulheres que brilham na comunidade de Porto Seguro. Fotos Ascom

Mais de 47 mulheres da comunidade, entre anciãs, senhoras do lar, professoras, conselheiras, pastoras, ambulantes, artesãs, militares, empreeenderoas, empresárias, profissionais liberais, entre outras, foram homenageadas na manhã desta sexta-feira, 6.

A 8ª edição do “Mulheres que Brilham” aconteceu na Câmara Municipal de Porto Seguro. Além de lideranças femininas, o evento contou com a presença da prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira; presidente da Casa Legislativa, Ariana Prates; secretária municipal de Assistência Social, Lívia Bittencourt; delegada titutar da Dean, Teronite Silva e a representantes da OAB – subseção de Porto Seguro, Inaiane Canfoloniere e da presidente do PSD mulher – Extremo Sul da Bahia, Larissa Oliveira.

A programação iniciou com a oração da pastora, Ana Cristina e pela apresentação musical de Tarsila dos Anjos, que entou o hino “Ocupa seu lugar”. Em seguida, importantes pronunciamentos ressaltaram o objetivo do evento que é reconhecer e honrar o distinto trabalho e vivência social de várias mulheres que fazem desta cidade ser o que se tornou.

“Além da conquista de espaço no mercado de trabalho, ativismo social que hoje, nós mulheres, conseguimos valer, temos que também cuidar da alma feminina, não nos embrutecendo com as lutas diárias e sempre reservando dedicação para sermos esposas companheiras, boas mães e curtir a delícia dos nossos lares”, frisou a secretária municipal, Lívia Bittencourt.

A prefeita, Cláudia Oliveira, destacou que ao longo de sua gestão tem contribuído de forma significativa para a mudança do cenário de violência doméstica e protagonismo feminino, investindo na rede de proteção, implantando serviços como Cram e fortalecendo o Creas. “Em 2019, após todo este esforço de sensibilização da comunidade, informação sobre a Lei Maria da Penha e divulgação de canais de denúnicas, conseguimos zerar números de feminicídio em Porto Seguro, não registrando nenhuma ocorrência”, comemorou, dizendo que no município as mulheres estão de mãos dadas.  “Reafirmo que o lugar da mulher deve ser onde ela quiser”, concluiu a gestora, entregando os diplomas às homenageadas.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui