Eunápolis: Bonecas garantem geração de renda para o sul da Bahia

Brincadeira de criança é levada à sério por um grupo de mulheres do extremo sul da Bahia. Por meio de parceria entre a Veracel Celulose e a Prefeitura Municipal de Eunápolis, a alternativa de geração de renda proposta pelo Projeto Abrace – Movimento Mulher, Pano e Arte promoveu treinamento em corte e costura para a confecção de bonecas de tecido para dezessete mulheres do município de Eunápolis. As mulheres já tinham experiência em artesanato. Com o curso, as mulheres terão a possibilidade de formar cooperativa especializada na fabricação e um dos mais tradicionais brinquedos infantis presentes em quase todas as culturas do mundo. A formatura deste curso foi no último dia 29/11, às 12h, no Salão de Reunião da 1ª Igreja Batista de Eunápolis.

De acordo com a vice-prefeita do município de Eunápolis e idealizadora deste projeto, Maria Menezes, este curso veio agregar valor as atividades desenvolvida pela prefeitura focada no público feminino, possibilitando a geração de emprego e renda para mulheres artesãs deste município. “Buscamos mulheres com experiência em corte e costura, para que ensinássemos a arte de fazer boneca. A proposta é montarmos uma cooperativa para a produção de bonecas e que essas primeiras mulheres sejam as multiplicadoras destas informações”, explica Menezes.

Durante 10 dias (18/11 à 29/11), estas mulheres aprenderam noções básicas de corte e costura, pintura em tecido, colagem, montagem de bonecas e aplicação de peças em tecidos. Foram 60 horas de aulas teóricas e práticas, quando foram ensinados o passo a passo para a fabricação de diferentes modelos de bonecas.

“Este tipo de grupo que tivemos aqui é o grupo ideal para a formação de uma cooperativa. Além de ser coeso e ter um mesmo objetivo, cada uma destas mulheres tem uma habilidade específica, que juntas se complementam e às deixam mais fortes”, comenta a professora do curso e diretora-presidente da ONG Projeto Semente, Luísa Papa.

Para a especialista em Responsabilidade Social da Veracel, Izabel Bianchi, “investir em iniciativas como esta é uma forma de contribuir para o desenvolvimento regional, pois são ações que possibilitam a geração de renda para os moradores de nossa área de atuação, potencializando os talentos locais e profissionalizando as estruturas sociais por meio do cooperativismo e do associativismo”, reforça Bianchi.

 

 

Fonte: Ascom da Veracel

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui