Estudantes de Teixeira participam de celebração aos 10 anos do PIBID/UNEB

O evento visou ampliar a visibilidade do Pibid no interior da UNEB e na sociedade baiana. Fotos: Elizeu Portugal/OSollo

Estudantes do Campus X da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), em Teixeira de Freitas, participaram do evento 10 Anos de PIBID/UNEB: o protagonismo da UNEB no processo de formação inicial para docência.

A ação foi promovida em todos os 24 campi da universidade espalhados por toda a Bahia, em comemoração a uma década de atuação junto ao Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID).

Lançamento oficial das comemorações dos 10 anos de PIBID na UNEB

Durante a programação, foi oportunizada a troca de experiências entre as diversas áreas e departamentos por meio de videoconferência. O programa se consolida na universidade como um dos programas mais exitosos voltado para a formação dos estudantes de cursos de licenciatura.

A professora Aline Brito, do Colegiado de Letras/Português, do Campus Teixeira de Freitas, é uma das 52 coordenadoras de área e falou sobre a atuação do programa. Ela explica que o PIBID está em vários cursos que conseguiram aprovação nos editais.

Aline Brito, professora da UNEB e coordenadora do PIBID

O aluno de licenciatura precisa esperar o estágio supervisionado pra ir para a sala de aula. O PIBID antecipa essa experiência e com isso o bolsista consegue aplicar os conhecimentos teóricos de uma maneira mais efetiva no contato com as escolas“, disse.

O Colégio da Polícia Militar (CPM) Anísio Teixeira é uma das escolas que recebe os discentes participantes. A professora Denise Santiago é supervisora na instituição e comentou sobre os benefícios do programa.

Denise Santiago, professora do CPM e supervisora do PIBID

É muito interessante porque ensino e a aprendizagem não ficam estagnados. É preciso estar em contato o tempo todo com novas teorias e conceitos e a academia traz isso. Para o professor que já está na escola, é um incentivo para que nosso trabalho ganhe outros ares e possa se reverberar de uma maneira mais efetiva, com um sangue novo“, destacou.

Os bolsistas de iniciação à docência (ID) recebem R$ 400 por mês, dentro de período de tempo determinado. Lucas do Carmo é um dos 1248 participantes pela Uneb. Ele tem 20 anos e está matriculado no 4º semestre do curso de Letras e falou um pouco sobre sua experiência.

Lucas do Carmo, estudante de Letras e bolsista do PIBID

É muito significativo até mesmo para a gente saber se queremos mesmo seguir a carreira da docência. Eu acredito que o Pibid só tem a agregar na formação dos futuros professores que, no caso, somos nós. O contato com os alunos, com a escola, uma interação muito mais próxima que auxilia bastante nesse processo formativo“, disse Lucas.

10 anos de PIBID/UNEB

A Uneb aderiu ao Programa de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) em 2009, participando de Edital Público Federal, reafirmando sua histórica identidade com a docência, a formação de professores, articulação com a Educação Básica e ampliação de oferta de educação superior gratuita e de qualidade referendada na capital e no interior da Bahia compromissada com a expansão nos/dos seus
territórios.

10 anos de PIBID/UNEB

O programa

O Pibid é uma ação da Política Nacional de Formação de Professores do Ministério da Educação (MEC) que visa proporcionar aos discentes na primeira metade do curso de licenciatura uma aproximação prática com o cotidiano das escolas públicas de educação básica e com o contexto em que elas estão inseridas.

O programa concede bolsas a alunos de licenciatura participantes de projetos de iniciação à docência desenvolvidos por instituições de educação superior (IES) em parceria com as redes de ensino.

Os bolsistas

O estudante de licenciatura é a principal figura do Pibid, pois o programa foi desenhado para enriquecer sua formação prática.

Ao ingressar no Pibid, ele dedica ao menos 8 (oito) horas semanais às atividades do projeto, elabora portfólio com o registro das ações desenvolvidas, entre outras ações.

O bolsista ID não pode assumir as funções de um professor da escola nem realiza atividades administrativas, seja na escola, seja no projeto.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui