Estudante de escola pública da zona rural de Cabrália realiza o sonho de cursar biomedicina

Gustavo dos Santos da Costa. Foto: Divulgação
O estudante da zona rural de Santa Cruz Cabrália, Gustavo dos Santos da Costa, 18, que vive no assentamento Luiz Inácio Lula da Silva, está realizando o sonho de cursar Biomedicina. O jovem filho de assentados do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e ex-aluno do Colégio Estadual do Campo Doutor Eraldo Tinoco, localizado em Porto Seguro, foi aprovado no curso da UNESULBAHIA (Faculdades Integradas do Extremo Sul da Bahia). Com a sua nota geral no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), que foi 760, ele se inscreveu no Programa Universidade Para Todos (PROUNI) e conquistou uma bolsa de estudos integral.
Gustavo já está vivenciando há uma semana a rotina de universitário e atribui a conquista à sua dedicação e, também, ao apoio dos professores do colégio. “Muitos professores me incentivaram a manter meus objetivos, a estudar e me esforçar, principalmente, os de Português e de Biologia. O colégio teve um papel importante na minha formação e agradeço muito pelo aprendizado adquirido”, afirmou o estudante, que estudava a três quilômetros de casa e, antes da pandemia, se deslocava todos os dias de ônibus escolar.
O estudante também falou do sentimento de pertencimento em ter estudado em escolas do Campo. “Antes de cursar todo o Ensino Médio no Eraldo Tinoco, eu estudei o Ensino Fundamental na Escola Municipal Paulo freire, localizado no assentamento. Toda a minha família é campesina e estudar em escolas do campo foi essencial para a minha construção enquanto cidadão. Tive a oportunidade de ter uma educação diferenciada, pois a Educação do Campo mescla diferentes conceitos e uma nova estrutura educacional”, destacou.

Segundo Gustavo, ter um filho na universidade era um sonho antigo dos seus pais, que são pequenos produtores rurais. “Eles sempre lutaram e zelaram bastante pela minha educação e da minha irmã, que está cursando o Ensino Fundamental. Meus pais estão super orgulhosos, pois sou o primeiro da família a ingressar na universidade”, disse, emocionado.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui