Estejam alertas VI

“Dediquem-se à oração, estejam alertas e sejam agradecidos.” (Colossenses 4.2)

Estar alerta não diz respeito apenas a nos precaver contra riscos, perdas ou prejuízos. Estar alerta também diz respeito a ter olhos para ver oportunidades e atitudes para fazer o melhor e desfrutar o melhor da vida. Devemos estar alertas para desfrutar as muitas riquezas e privilégios de nossa fé. Este também é um aspecto importante. Sem esse cuidado perderemos muitas bênçãos e não desfrutaremos muitas das alegrias próprias do Evangelho que nos alcançou. Entre elas a benção e alegria possíveis por causa da graça, presentes na vida de comunhão e que alcança outros, na medida em que vivemos o nosso chamado.

Somos filhos da graça. Fomos acolhidos e aceitos amorosa e graciosamente por Deus em Cristo. Fiquemos alertas para não sermos levados a viver com base no mérito, aprisionados por culpas de pecados que já foram perdoados, angustiados e temerosos, tentando agradar a Deus para sermos aceitos. A graça mudou essa lógica. Deus nos amou e nos aceitou como somos. Agora podemos, fortalecidos por Seu amor, amadurecer e vencer fraquezas. Não para sermos aceitos, mas porque fomos aceitos! Ele jamais nos jogará fora! (Jo 6.37). A benção da graça é incompreensível à lógica humana, mas efetiva para produzir vida nova. Fiquemos alertas para desfrutar comunhão. Com Deus e uns com os outros. A fé em Cristo nos aproxima de Deus e nos envia ao nosso próximo. Somos perdoados e devemos perdoar. Somos aceitos e devemos aceitar. Somos acolhidos e devemos acolher. Somos compreendidos e devemos compreender. Celebremos a comunhão! Que praticando-a sejamos agentes que incluem outros na benção de viver com Deus. Assim como fomos incluídos.

Estejamos alertas para vivermos o chamado de Deus para nossa vida. Todos temos um chamado especial de Deus para sermos bênçãos. Na medida em que aprendemos a amar e servir, na medida em que abandonamos o egoísmo e somos humildes, na medida em que decidimos pela generosidade e compaixão, nossa vida se torna fonte de vida para outros. Deus nos chamou para participarmos de Seu Reino e não há ninguém que dele participe e não tenha algo bom para dar ao outro. O Reino de Deus é o Reino da Suficiência. Esteja alerta para manifestar na vida as grandezas daquele que chamou você, das trevas para a Sua maravilhosa luz (1 Pd 2.9-10). Desde que começamos a refletir sobre estar alertas já se passou quase uma semana. Tantas horas! Tantas situações e momentos! Como você tem se saído? Tem percebido mais a proximidade de Deus? Tem respondido mais adequadamente às situações? Não temos todo tempo do mundo! Hoje é um dia que jamais voltará a se repetir. Estejamos alertas.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui