Estados Unidos autorizam laboratório a fazer testes em grupo para covid-19

Amostras de sangue para teste sorológico da Covid-19
Amostras para teste da Covid-19. Foto CNN Brasil

A FDA (Agência Reguladora de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos) autorizou neste sábado (18) que o laboratório Quest Diagnostics passe a fazer testes em grupo para detectar infectados pelo novo coronavírus.

O laboratório passará a reunir amostras de várias pessoas em um único teste, visando expandir a testagem em massa e otimizar o trabalho dos técnicos. Um resultado negativo para o lote significaria que nenhum dos pacientes envolvidos foi contaminado pela Covid-19. Em caso de resultado positivo, os materiais coletados serão analisados individualmente para detectar qual indivíduo está infectado.

De acordo com o presidente da Quest Diagnostics, Steve Rusckowski, em nota divulgada à imprensa, a medida é essencial neste momento em que a testagem da população americana ainda não é suficientemente elevada.

“O teste de amostras combinadas é uma técnica comprovada que nos ajudará a aumentar a capacidade de testagem neste momento crítico para o nosso país”, disse Rusckowski. “Agradecemos a autorização da FDA”, completou.

O método já existe no Brasil e é chamado de testagem em pool, em que os próprios pacientes colhem amostras de saliva.

O procedimento é padrão entre funcionários de alguns hospitais, como o da Ufba (Universidade Federal da Bahia) e o da Unesp (Universidade Estadual Paulista), em Botucatu, interior de São Paulo. Nesse último, até 13 amostras são analisadas de uma só vez.

Fonte: CNN Brasil

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui