Empresário entra com pedido de providência no MPF e Dnit autoriza término das obras na BR-101

José Dias comemora resultado de sua ação em prol do bem comum. Fotos Divulgação

Com uma visão voltada para o bem-estar de quem precisa fazer uso da rodovia BR-101, mas, vivenciava o perigo diariamente, o empresário teixeirense José Francisco Dias decidiu reivindicar melhorias, em busca de reverter o triste quadro em que se encontrava a BR.

No ano passado, encaminhou ao Ministério Público Federal (MPF) pedido de providência para  reforma da rodovia citada. Através da manifestação, noticiou as más condições de segurança e trafegabilidade no trecho que vai desde a divisa dos estados da Bahia e Espírito Santo até o município de Eunápolis/BA.

Segundo o empresário, ele relatou que na BR-101, no trecho supracitado, existiam muitos buracos e insuficiência de sinalizações. Foi feita a reforma, mas não  cumpriram as exigências de sinalização vertical e horizontal, deixando ainda ao longo de todo o trecho um desnível declive para o acostamento, que proporcionava perigo aos condutores ao fazerem uso  do mesmo. Salientou que, dessa forma, os órgãos públicos vêm descumprindo as normas de regência, em especial o art. 5º, XV,  art. 37 da Constituição Federal; art. 1º , § 2º e art. 88, ambos do Código de Trânsito Brasileiro.

Na ocasião,  Zé Dias, como é conhecido, acrescentou ainda que as inadequações existentes após a reforma deixaram a via propícia à ocorrência de acidentes, podendo causar prejuízos ao patrimônio, vítimas com lesões temporárias, permanentes e fatais.

Recentemente, o empresário foi informado de que seu pedido havia sido acatado. Imensamente satisfeito em ver o resultado de seu esforço, concretizado na melhoria da BR-101, que atende ao extremo sul baiano, José Dias agradeceu a Deus e ao grande apoio recebido pelo MPF e todos os servidores que demonstraram  profissionalismo no sentido de valorizar a ordem e o progresso. “Ninguém faz nada sozinho! Se o meu pedido foi aceito, e as obras estão acontecendo, foi porque tive o apoio total de instituições e pessoas sérias, com a mesma visão que eu: o bem comum!”, afirmou.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui