Dia da não violência mundial mobiliza sociedade em Porto Seguro

Porto Seguro se mobilizou contra a violência. Fotos Ascom

Um passeio ciclístico em favor do dia da Não Violência Mundial comemorado na terça feira (30/01), levou cidadãos a percorrer as principais ruas do centro de Porto Seguro abordando sobre os estragos e sofrimentos que a violência produz. Voltada à educação para a paz, a solidariedade e o respeito pelos direitos humanos, a iniciativa realizada pela Secretaria de Saúde, por mio da Vigilância em Saúde, contou com as parcerias do Departamento de Trânsito, Polícia Militar, CRAM e Paróquia Nossa Senhora da Pena.

Ciclistas, pedestres, todos em prol do fim da violência

A ação, que teve início no Trevo do Cabral e encerrou o percurso na Passarela do Descobrimento, conclamou a sociedade para conscientização mobilizadora sobre diferentes formas de abusos violentos que devem ser denunciados: discriminação, trabalho infantil, tráfico de crianças e adolescentes, negligência e abandono, tortura, violência física, sexual e psicológica, assassinatos, acidentes de trânsito, dentre outros.

Um saboroso café-da-manhã foi servido

Para a Secretária de Saúde, Edna Alves, a promoção pela paz precisa ser desenvolvida por todos. “O propósito do evento é chamar a atenção da sociedade, das mais distintas esferas, para combater massivamente toda prática abusiva que configure violência aos direitos humanos. Recebemos nos serviços de saúde diariamente muitas pessoas que sofrem violência que podem ser evitadas. Estamos buscando ampliar o papel humanitário que cada um desempenha no mundo, destacando que o respeito ao próximo e à vida são fundamentais para que possamos viver em uma sociedade mais justa e pacificadora”, pontua.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui