Cristolândia chega a Porto Seguro; centro de recuperação é referência no Brasil

Cristolândia: Porto Seguro ganha mais um centro de recuperação. Fotos JojôNotícias

Projeto de recuperação de dependentes químicos que atua há 10 anos em todo o Brasil, a Cristolândia chega a Porto Seguro, com início dos trabalhos previsto para o próximo mês. Na Bahia há unidades funcionando em Salvador, Camaçari.

O nome faz alusão à famosa “cracolândia” em São Paulo, que é a maior concentração de usuários de crack a céu aberto do Brasil, e com o nome de Cristo, já que o projeto é de iniciativa da organização cristã ‘Missões Nacionais’.

A unidade de Porto Seguro será gerida pelo missionário Francisco Aires

A inauguração da sede contou com a presença de Lívia Bittencour (secretária de Desenvolvimento Social) e Pr. Erivaldo Oliveira (secretário de Governo), além da população civil, pastores evangélicos e o ex-vereador Marcos Aurora.

Além da base e dos princípios cristãos, a Cristolândia tem como política não cobrar do paciente ou de sua família pelo serviço prestado, ou seja, a recuperação é inteiramente gratuita. O projeto é custeado por doações, sejam pontuais ou fixas, que funcionam através de parcerias com pessoas físicas ou outras instituições que queiram ajudar, que são, em sua maioria, igrejas evangélicas locais.

Outro princípio é o caráter voluntário da internação, que jamais poderá ser compulsória. As portas sempre ficam abertas, tanto as de entrada como as de saída, de forma que o indivíduo só entrará se quiser e sairá, de igual forma, quando e se quiser.

Os resultados falam por si só: enquanto o Governo e outras instituições recuperam três em cada 10 pessoas internadas, a Cristolândia recupera sete. Isso muito se deve à proposta de trabalho, que não se limita a uma questão de saúde. A Cristolândia se propõe a atuar em três áreas da vida do indivíduo: espiritualidade, ressocialização e físico emocional.

A unidade de Porto Seguro, que será gerida pelo missionário Francisco Aires, atenderá, a princípio, apenas pacientes do sexo masculino. “Temos pela frente um desafio muito grande, agora que chegamos ao sul do Estado: a adequação do espaço para termos capacidade de acolher mais de 30 homens, oferecendo um plano terapêutico de 2 anos para cada um, de forma que consigamos reconectar laços familiares, reinserir na sociedade, reparar danos psicológicos e espirituais”, afirmou Francisco.

A unidade de Porto Seguro funcionará nas dependências do Centro de Desenvolvimento Integral (CDI), que foi fundado em maio de 2002. Durante 10 anos o CDI funcionou como casa de abrigo para crianças com trajetória de rua e, agora, feita a parceria com a ‘Missões Nacionais’, funcionará como sede da Cristolândia.

Para doações, recomenda-se que entre em contato com o gestor da unidade através do telefone (73) 9.9112-9006, ou que se dirija até a unidade, cujo endereço é rua das Jabuticabas, bairro Sapoti.

 

 

Informações de Ramon Portela/Jojô Notícias

1 COMENTÁRIO

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui