Creas de Itamaraju realiza blitz educativa em combate ao uso de álcool e drogas por crianças e adolescentes

Creas de Itamaraju realiza blitz educativa em combate ao uso de álcool e drogas por crianças e adolescentes. Foto: Ascom

A Prefeitura de Itamaraju, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social CREAS, realizou Blitz educativa no município orientando motoristas e adesivando os carros com a logomarca da campanha.

O Julho Branco é uma chamada importante para toda a sociedade a respeito da necessidade de se combater o uso de álcool e drogas por crianças e adolescentes.

A ação aconteceu na manhã de quinta-feira, 29 de julho,no semáforo da avenida ACM, contado com a participação da rede de apoio SCFV, CREAS, CRAS I e II, Conselho Tutelar, Programa Saúde na Escola, 43ª Companhia de Policia Militar (43ª CIPM), Superintendência de Trânsito e Guarda Municipal.

Durante a ação foi registrada a presença do Prefeito Marcelo Angênica, Secretária de Desenvolvimento Social Fabiana Angênica, Secretário de Saúde Fábio da Minas e Secretário de Educação José Ferreira.

Foto: Ascom

Neste mês de julho, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, por meio do CREAS e rede de apoio, vem intensificando as ações em combate orientando a população quanto a proibição de venda de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos nos estabelecimentos que vendem bebidas alcoólicas, na garantia dos direitos e preservação da vida.

Além disso vídeos educativos foram produzidos sendo publicados nas plataformas digitais, e enviados para os alunos da rede pública, além da sede do município nos dias 04 e 05 de agosto será desenvolvida ações nos distritos de Nova Alegria e Vila União.

A Diretora de medidas socioeducativas Adriana Novais, ressaltou que os adolescentes são os mais vulneráveis tanto emocional quanto fisicamente para o uso de álcool e drogas, destacou ainda que órgãos públicos e sociedade civil, cabe fazer o que for possível para protegê-los, fortalecendo a rede de proteção a crianças e adolescentes garantindo a eles uma infância e juventude saudável com direitos garantidos, encerrou.

Foto: Ascom

A Coordenadora do CREAS, Luana Macena, explica que a adolescência é uma fase em que o jovem é muito influenciado pelo grupo no qual está inserido. “Se o grupo acha normal beber em excesso ou utilizar outras drogas, o jovem também achará. E o que é mais preocupante é que o uso dessas substâncias tem sido cada vez mais aceito socialmente, e tem um grande impacto na vida das crianças e adolescentes cada vez mais avassalador, causando consequências incalculáveis”, pontua.

Finalizando destacou que a campanha vem ganhando apoio de profissionais da saúde que estão preparados para abordar e orientar sobre essa questão, auxiliando também a conscientizar pais e cuidadores em relação ao problema. “Vale lembrar que as escolas também são muito importantes nesse processo”, Luana Macena.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui