Conquista: ‘Um duro golpe’, diz delegado sobre prisão de líderes do tráfico de drogas

Mais 3 membros de quadrilha de ‘Pezão’, com atuação na região sudoeste.

Grupo é responsável por assassinatos de usuários e criminosos no estado.

Mais três pessoas foram presas pela “Operação Sasquatch”, realizada em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, para desarticular a principal a quadrilha de tráfico drogas com atuação na região. Dois foram presos no domingo (8) e mais um nesta segunda-feira (9), segundo informa o delegado Marcus Vinícius. A polícia tenta evitar a formação de outra liderança após assassinato de Bruno Camilo, conhecido como “Pezão”.

“Todos são os principais membros da quadrilha. Estamos desarticulando para não deixar outra liderança com a morte de ‘Pezão’. Além desta ser a principal quadrilha, tem a questão de ser a principal responsável por mortes. Eles matam os concorrentes e até mesmo aqueles do próprio grupo que, de alguma forma, não cumpriram as regras. Foi um duro golpe do tráfico de drogas”, relata o delegado.

No momento, seis pessoas foram presas desde o início da “Operação Sasquatch”. Elas estão sendo levadas ao Presídio Nilton Gonçalves. A operação continua até que todos os suspeitos sejam presos, informa a polícia. A investigação foi realizada pela Delegacia de Homicídios de Vitória da Conquista.

 

 

 

Fonte: G1

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui