Confira atualizações importantes sobre a covid-19 na Bahia e no país

Casal internado no Piauí recebe alta após ministração de Cloroquina, corticoides e antibióticos. Foto: Ascom/PI

Conforme o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), foram registrados 5.816 casos confirmados de covid-19.

Considerando o número de 1.418 pacientes recuperados e 214 óbitos, 4.184 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da covid-19, o que são chamados de casos ativos.

Os casos confirmados ocorreram em 176 municípios do estado. O boletim registra ainda 10.864 casos descartados e 20.355 notificações em toda a Bahia.

Estes dados foram atualizados no começo da noite de ontem (11).

Brasil

O Ministério da Saúde registrou, até as 19h desta segunda-feira (11), 168.331 casos de covid-19 em todo o país.

Cabe destacar que há 67.384 brasileiros recuperados (40%) após contraírem a doença e outras 89.429 seguem sendo acompanhadas (53,1%).

Foram registradas 11.519 mortes provocadas pela doença, com taxa de letalidade de 6,8% considerando o total de casos confirmados.

Boas notícias chegaram do estado do Piauí.

Um casal recebeu alta do Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, na última quinta-feira (7), após serem curados da covid-19.

Segundo o diretor clínico do hospital, médico Justino Moreira, o homem, primeiro a ser internado, estava com falta de ar importante e recebeu todo o suporte necessário para melhorar o desconforto respiratório.

Ele vinha tomando Cloroquina há 10 dias, mas sem apresentar melhoras. Ao chegar ao hospital, vindo do Maranhão, o paciente já apresentava 40% de comprometimento pulmonar.

Iniciamos um tratamento à base de corticoides e antibióticos e pudemos acompanhar a melhora de todo o quadro”, afirma o médico.

Segundo ele, a esposa que também foi internada posteriormente, apresentou um quadro mais leve da doença.

Diretrizes para auxiliar na decisão sobre distanciamento social

O Ministério da Saúde apresentou as ‘Estratégia de Gestão de Riscos’, como diretriz nacional. O documento visa auxiliar os estados e municípios na tomada de decisão na resposta à pandemia da covid-19.

A partir da realização de avaliações quantitativa (Avaliação de Risco) e qualitativa, estados e municípios terão indicadores, que vão apontar o nível de risco local e irá nortear a adoção e ajuste de medidas de distanciamento social.

Confira detalhamento AQUI.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui