Compromisso e agilidade: Escola Blandino é reinaugurada após incêndio em Lajedão

Prefeito Betão entrega escola ao lado de vereadores e secretariado. Fotos: Elizeu Portugal/OSollo

Em uma manhã de muita alegria para os moradores de Lajedão, nesta sexta-feira (10), a Escola Municipal Blandino Severo Batista foi entregue à comunidade após ser parcialmente destruída por um incêndio. O ocorrido foi na madrugada do dia 22 do mês passado.

Relembre o caso: Vídeo: incêndio atinge escola em Lajedão

Funcionários, alunos, pais prestigiaram o trabalho concluído

A equipe de trabalho constituída pelo prefeito Humberto Cortes, o “Betão”, realizou a obra de reforma e readequações em tempo recorde. Durante o ato de entrega, pais e alunos, professores e funcionários da escola prestigiaram o resultado.

Leia mais: Prefeito Betão anuncia reconstrução de escola atingida por incêndio em Lajedão

Ao lado do seu secretariado, vereadores, vice-prefeito Júnior Lima e da primeira-dama, Cristiane Cortes, Betão relembrou o choque de quando recebeu a informação do incêndio. Em frente ao prédio reformado, ele falou sobre as ações desenvolvidas e destacou a agilidade e o compromisso da sua equipe.

A primeira-dama Cristiane Cortes e o Sargento Otoniel, do 3º Pelotão da 44ªCIPM

O prefeito agradeceu ao apoio da Polícia Militar, na presença do Sargento Otoniel (3º Pelotão/44ª CIPM), que atuou de imediato na tentativa de identificar os autores da ação criminosa. Também solicitou a união dos diversos segmentos para que seja formado um Conselho Municipal de Segurança Pública.

Vamos esquecer essa história ruim. Eu quero convidar toda a cidade, esses alunos, que são o futuro da nossa terra, a construirmos um novo momento na educação. O povo dessa terra ama Lajedão e não podemos admitir mais situações como essa. O futuro é responsabilidade de todos nós“, disse Betão.

A Escola Municipal Blandino Severo Batista foi fundada em 1967 por uma comissão de padres, políticos, professores e cidadãos da comunidades para o funcionamento do Ginásio Paroquial Nossa Senhora de Fátima. Foi a primeira escola da localidade.

Atualmente, atende cerca de 140 alunos da sede, distritos e zona rural, do Ensino Fundamental, de 1º a 3º ano. Segundo o diretor da instituição, Antônio César, muita gente já passou pela escola e deixou ali a sua marca.

O diretor Antônio César e a secretária da escola, Iara Lacerda

Eu tenho certeza que nós, gestores, ficamos envaidecidos com o rótulo de uma escola ‘linda e estruturada’ como nos dão. Toda comunidade ficou comovida. Pessoas arriscaram a vida para prestar socorro ao prédio, descalços, sem camisa. Talvez, os responsáveis por isso não saibam tanto problema e tristeza que causaram com o incêndio“, falou ao público.

A comunidade conheceu as novas dependências da escola

O secretário municipal de Educação, Raimundo Neto, enfatizou que a tristeza não irá superar tamanha alegria de devolver a escola em tempo hábil. “É pra frente que se anda, é querendo mais por Lajedão. Que nossa educação seja sempre o despontar da nossa região“, disse.

O fogo, que atingiu principalmente a diretoria, sala dos professores e secretaria, destruiu diversos equipamentos e arquivos. O funcionamento da escola já será retomado na próxima semana. Até então, as aulas estavam ocorrendo no prédio do Cras.

Galeria de Fotos

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui