Cobras venenosas assustam teixeirenses; Bombeiros registraram 14 aparições 

Cobras venenosas assustam moradores em Teixeira de Freitas
Cobras venenosas assustam moradores em Teixeira de Freitas. Foto G1 BA

Moradores têm reclamado constantemente do medo de conviver com cobras em suas residências. O animal tem assustado teixeirense e, conforme o Corpo de Bombeiros, desde janeiro, foi registrado o aparecimento de 14 cobras venenosas em Teixeira de Freitas. Os bairros periféricos são os mais atingidos da cidade.

O subtenente da Grupamento, Jamildo Vilas Boas, comenta o assunto: “A degradação das áreas de preservação, as queimada produzidas pelas pessoas podem está fazendo com que essas serpentes procurem um local mais ameno, mais fresco para se alojar, onde exista alimentação. Então elas vão justamente paras as casas, em ambientes precários”.

Bombeiros registram aparecimento de 14 cobras venenosas em Teixeira de Freitas, neste ano — Foto: Reprodução/TV Santa Cruz
Bombeiros registram aparecimento de 14 cobras venenosas em Teixeira de Freitas, neste ano — Foto: Reprodução/TV Santa Cruz

Desde o aparecimento das cobras, os moradores têm mudado alguns hábitos, limpando os terrenos e tapando alguns buracos, mas nem isso impediu o aparecimentos desses animais. Uma dona de casa disse que a cachorrinha tentou impedir que a família fosse atacada.

“[a cachorra] não queria comer, não queria beber água. Não deixava ninguém chegar perto da casinha dela. Ela empurrava a gente, vinha para cima. Ela protegia, principalmente, minha filha de 9 anos. Eu fique cismada e, quando fui olhar dentro da casinha, eu achei uma coral”, afirmou Daiana Calazans.

Zenaide de Oliveira, que também é dona de casa, disse que ficou com medo quando encontrou uma cobra na casa onde mora. Ela tinha acabado de abrir a porta de casa, quando viu o animal.

“Foi um sufoco. E o medo de passar para o quarto? Se passar para o quarto vai ficar pior. Como eu vou achar ela no meio de tanta coisa? Era uma cobra fina e cinza. Está sempre aparecendo aqui”, pontuou Zenaide.

Para alguns moradores, as cobras têm vindo de terrenos próximos, e eles temem que as crianças sejam atacadas.

Daiana contou que descobriu uma coral na casa do cachorro — Foto: Reprodução/TV Santa Cruz
Daiana contou que descobriu uma coral na casa do cachorro — Foto: Reprodução/TV Santa Cruz

“Eu acredito que esteja vindo da parte debaixo da baixada. Tem um brejo. Tem crianças brincado. A gente que é adulto é mais fácil conseguir se defender. Uma criança, que é mais distraída, é mais perigoso”, afirmou o pedreiro Antônio Marcos Santos.

Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, as cobras aparecem principalmente nos bairros mais periféricos. Segundo o Corpo de Bombeiros, quem encontrar uma cobra não deve tentar retirar o animal sozinho. A orientação é entrar em contato com a corporação.

“Nós temos equipamentos adequados para captura das cobras. A gente vai proceder a devolução à natureza. Evite matar os animais. Isso causa um impacto na natureza. Caso a pessoa seja picada pela cobra, [a gente] verifica se é animal venenoso e procede a aplicação do soro antiofídico”, afirmou.

O mesmo conselho foi dado, recentemente, pela Prefeitura Municipal, que tem feito o trabalho de limpeza de terrenos baldios nas áreas de maior queixa de surgimento de cobras.

Para os bombeiros, aparecimento das cobras é causado por danos ambientais — Foto: Reprodução/TV Santa Cruz
Para os bombeiros, aparecimento das cobras é causado por danos ambientais — Foto: Reprodução/TV Santa Cruz
Informações: G1

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui