Centro Sebrae será referência em sustentabilidade

Ilustração
Instituição lança na próxima quinta-feira (14), na Chapada dos Guimarães (MT), espaço disseminador de conhecimento

Brasília – A inserção das micros e pequenas empresas (MPE) na economia de baixo carbono será intensificada a partir das ações do Centro Sebrae de Sustentabilidade (CSS). A previsão é do diretor-técnico do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos, ao assinalar que a instituição cria esse novo centro irradiador de conhecimento e de boas práticas como referência nacional para os pequenos negócios. O espaço será lançado na próxima quinta -feira (14), no município de Chapada dos Guimarães (MT), a 65 quilômetros da capital Cuiabá.

Instalado no Espaço Sebrae de Conhecimento, na capital mato-grossense, o CSS vai se dedicar primeiramente a dois focos: política nacional de resíduos sólidos e eficiência energética. “Há experiência e conhecimento acumulados no Sistema Sebrae que serão aperfeiçoados e colocados à disposição das empresas de pequeno porte”, explica o diretor. Na visão dele, “é preciso inovar com sustentabilidade para aumentar a competitividade dos pequenos negócios”.

Com o CSS, o Sistema Sebrae dá um salto qualitativo na construção conjunta de metodologias, ferramentas e orientações às empresas de pequeno porte frente aos novos desafios da sustentabilidade. “Consumidores cada vez mais conscientes, exigentes e seletivos num ambiente global de negócios impõem um novo direcionamento às empresas, em especial, àquelas que pretendem se manter competitivas e participar da cadeia de valor de grandes organizações”, diz Carlos Alberto.

Mercado global

Aperfeiçoar ou desenvolver novos produtos e serviços com a marca da sustentabilidade certamente vai exigir a revisão de processos, métodos e a obtenção de certificações necessárias à inserção competitiva das micro e pequenas empresas no mercado global. O Sebrae vai apoiar empresas de pequeno porte que decidiram ser inovadoras e buscam na excelência a longevidade das relações com os mercados.

O CSS vem se somar a dois outros centros de referência do Sistema Sebrae instalados no país. No Paraná, funciona o Sebrae CDT/AL – Centro de Desenvolvimento de Tecnologias para Integração Transfronteiriça de Micro e Pequenas Empresas do Mercosul e América Latina, instalado em Foz do Iguaçu. No Rio de Janeiro, está o Crab – Centro de Referência do Artesanato Brasileiro. “Com esse novo Centro, no Mato Grosso, estamos nos preparando também para as discussões que se intensificarão durante a Rio+20, em 2012”, pondera Carlos Alberto.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui