Canavieiras: Nova diretoria da Apae é empossada

A nova diretoria da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Canavieiras tomou posse, para um mandato de três anos – permitida uma recondução. A chapa é encabeçada pela professora universitária Mari Gândara, uma das voluntárias da instituição e professora do grupo de dança formado pelos alunos.

Em seu discurso de posse, Mari Gândara solicitou a continuidade da união de todas as pessoas envolvidas, que sempre se mostraram dedicadas à instituição. A nova presidenta disse assumir a nova missão com a mesma dedicação com que realiza seus trabalhos como uma das muitas voluntárias da Apae.

Presente à posse da diretoria, a secretária municipal da Educação, Emília Cristina, ressaltou que a Apae é uma família dedicada à causa, demonstração constantemente dada pelo o empenho e voluntarismo. “Tenho acompanhado o trabalho realizado na Apae e é um exemplo a ser mostrado a Canavieiras”, elogiou Emília.

A ex-presidente Gisélia Cristina Senhorine frisou os avanços conseguidos pela instituição e ressaltou que a sociedade precisa conhecer todo o trabalho desenvolvido pela Apae. “É preciso que todos saibam a qualidade do atendimento prestado aos assistidos, que não se restringe às quatro paredes, mas que tem eco na comunidade como um todo”, disse.

A nova diretoria como vice-presidente, Cristina Serra; 1ª secretária, Fernanda Nascimento; 2ª secretária, Rosélia Freire; 1ª diretora-financeira, Ana Maria Cruz Leal; 2º diretor-financeiro, Tobias Sanger; diretor-jurídico, Cristiano Freire; diretora de patrimônio, Maria Tereza Costa; diretora-social, Gisélia Cristina Senhorini.

Informa a diretora da Escola Raio do Sol (da Apae), Isa Ramalho, que a instituição assiste a 102 pessoas no contra turno da escola formal e desenvolve diversas atividades, a exemplo de oficinas de leitura, dança, beleza, culinária e artesanato. A entidade também mantém os serviços de fisioterapia, psicologia, assistência social, psicopedagogia

A Apae sobrevive de doações diversas e da participação em programas de cunho social, a exemplo do “Sua Nota é um Show”, mantido pelo Governo do Estado. Já a escola Raio do Sol é mantida pela Prefeitura, que arca com os custos de aluguel de casa, professores e funcionários.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui