Boas notícias

“Mas o anjo lhes disse: Não tenham medo. Estou lhes trazendo boas novas de grande alegria, que são para todo o povo: Hoje, na cidade de Davi, lhes nasceu o Salvador que é Cristo, o Senhor.” (Lucas 2.10-11)

Pastores no campo não costumavam ver anjos. Pastores no campo normalmente ficavam atentos a má notícias, precavidos contra predadores. Ali, com as ovelhas, quem deles se aproximasse à noite, bem certamente representaria um perigo, um inimigo, um risco. Mas não naquela noite, a noite do natal. O plano de Deus para nossa redenção estava em curso e o Salvador havia nascido. Um anjo apareceu e o susto converteu-se em surpresa. Uma boa surpresa. As notícias não eram más. Eram evangelho – boas novas.

Não tenham medo, disse o anjo. Não é incomum nas Escrituras que as pessoas sentissem medo diante das manifestações da presença de Deus. Isaías, o profeta, temeu a morte ao entrar no templo e perceber lá a manifestação da presença de Deus (Is 6.1-6). Mas nesse encontro ele acabou aprendendo que seus pecados podiam ser perdoados e sua maldade superada. Que Deus não era uma ameaça! Que, quando aquele que é três vezes santo encontra-se com pecadores, o propósito não é destruir, é salvar. Não é morte, é vida! Não é condenação, é redenção. Naquela noite os pastores foram encorajados a não ter medo diante da glória de Deus, as notícias eram boas! Hoje, disse o anjo, na cidade de Davi lhes nasceu o Salvador, que é Cristo, o Senhor. Em outras palavras, hoje, na cidade de Davi, nasceu o Salvador que favorecerá vocês. Ele veio por vocês. Susto, surpresa, confusão. O que será tudo isso? Fé, decisão, encontro com o Deus feito menino. Aquela noite mudou a história dos pastores e de todos nós.

No natal devemos nos sentir fortalecidos e encorajados a crer no amor de Deus por cada um de nós. Ele poderia nos destruir, mas já declarou que nos ama. Ele quer a nossa redenção. Nossos pecados e maldades Ele pode perdoar. Não precisamos ter medo. Ao contrário, nos sentir encorajados a buscá-lo, a orar e pedir sua graça e misericórdia. Porque Deus nos amou e mandou a nós o Salvador. Devemos ser gratos. Devemos crer. O natal nos diz que a porta da reconciliação entre nós e Deus está aberta. Que a paz se estabeleça! Que haja paz! Entre nós e Deus. Entre eu e você. Entre nós e os outros.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui