Bloco Disque 100 prevê arrecadar mais de 3 toneladas de alimentos

Bloco Disque 100 prevê arrecadar mais de 3 toneladas de alimentos. Foto Ascom

 

Na tarde desta sexta-feira, 21, a prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira, e a secretária municipal de Assistência Social, Lívia Bittencourt, fizeram os primeiros levantamentos sobre a arrecadação dos alimentos relacionados às trocas por abadás do Bloco Disque 100. São quase três toneladas que serão destinadas às entidades sociais que atuam em comunidades carentes do município.

O Bloco Disque 100, reconhecido nacionalmente como uma prática inovadora no turismo, já foi premiado pelo Ministério do Turismo e, a cada ano, agremia mais participantes. Neste ano, cada adulto com abadá poderá levar quantas crianças quiserem para a corda.

A programação desta sétima edição definiu que o bloquinho saia ao circuito carnavalesco de Porto Seguro mais cedo, às 16h, no domingo, 23, com uma atração super interessante para o público infantil. A dupla Patati Patata vai puxar a pipoca da rede de proteção, familiares e criançada, fazendo deste um momento de muita diversão e inesquecível.

O objetivo da Prefeitura com essa iniciativa do Bloco Disque 100 é conscientizar sobre a proteção e o enfrentamento ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, reforçando as informações sobre os direitos da criança e do adolescente, fortalecer as políticas públicas de proteção, incentivando a sociedade e o folião a estarem atentos às crianças e adolescentes, em especial, neste período. “Ao detectar alguma situação suspeita, liguem para o dique o núnero 100 e faça sua denúncia anônima”, destaca a prefeita, Cláudia Oliveira, convidando a comunidade para participar..

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui