Bahia: Polícia investiga fotos na web de jovens armados e relatos de crimes

Página criada no Facebook é monitorada e denúncias podem ser realizadas.

Ameaças de ataques a grupos rivais são anunciadas e recebem curtidas.

Imagens de jovens armados em Salvador são analisadas pela SSP (Foto: Reprodução/Facebook)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP) investiga uma página criada no Facebook em dezembro de 2013 que mostra fotos de jovens armados, que se dizem integrantes de uma facção criminosa de São Paulo, mas com atuação também em Salvador. Em comentários dos usuários, é possível ler apoios a ameaças de ataques a grupos rivais em bairros como Cosme de Farias e Cidade Nova, na capital baiana.

De acordo com a SSP-BA, o setor de inteligência monitora as ações na internet e está apurando a veracidade do caso. De acordo com a polícia, quem tiver informações sobre pessoas que aparecem no perfil podem ligar para o telefone 71 3235-0000.

Publicação informa que traficantes vão invadir os bairros de Cosme de Farias e Cidade Nova, em Salvador (Foto: Reprodução Facebook)
Intitulado “Oh Oh Caveirão”, o perfil na rede social tem 1.139 participantes e cada postagem com imagens de armas tem, em média, 40 curtidas. Dentre o conteúdo, são postados, por exemplo, vídeos com imagens de ação de traficantes. “Traficantes das casinhas no vale das pedrinhas invade a santa cruz pelo parque da cidade e matam 2 traficantes do cp. OH OH!”, diz uma das mensagens, em referência a dois locais da cidade, Vale das Pedrinhas e Santa Cruz, onde há Base Comunitária de Segurança.

Perfis pessoais são naturalmente marcados nas postagens, que citam casos não só da Bahia, mas que ocorrem em outras cidades do país. Jovens exibindo arma, dinheiro e cigarro integram a maior parte das imagens postadas.

 

 

Fonte: G1

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui